Como curar doenças em uma laranjeira

Escrito por d.c. winston | Traduzido por elisa lacerda de freitas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como curar doenças em uma laranjeira
Como curar doenças em uma laranjeira (Ellen Levy Finch, March 23, 2004)

A laranjeira é vítima de uma grande variedade de doenças que podem afetar as raízes, o tronco, os galhos, a folhagem e as frutas. Os problemas mais comuns são fungos, vírus, doenças causadas por micoplasmas, nematoides, e doenças não parasitárias. Cada um deles tem poucas opções de tratamento eficazes e geralmente requerem a remoção das plantas infectadas para prevenir a disseminação da doença. As práticas de bom manejo de pomares, nas quais são utilizados porta-enxertos resistentes a doenças, são uma das poucas maneiras de evitar esses problemas.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Produto antifúngico como o sulfato de cobre
  • Água
  • Tesoura de poda afiada ou alicate de poda
  • Um novo porta-enxerto sem doenças

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Trate as doenças parasitárias, tais como fungos e mofo, aplicando à árvore um fungicida, como o sulfato de cobre, várias vezes por ano. Dilua em água de acordo com as especificações dos fabricantes. Isso pode controlar e prevenir os problemas de fungos mais comuns. Evite o excesso de regas das raízes, o que pode criar ou agravar infecções fúngicas. Certifique-se de que o solo esteja bem drenado e úmido, mas sem água parada.

  2. 2

    Elimine os vírus e as doenças semelhantes a viroses, como o Citrus psorosis (um dos patógenos mais nocivos às árvores cítricas), removendo todas as árvores com lesões inexplicadas no tronco e nos galhos ou árvores cuja vitalidade tenha diminuído. A forma como a virose se espalha não é bem conhecida, mas a proximidade e a enxertia são alguns fatores. Os cientistas acreditam que ela também pode ser transmitida por insetos como os pulgões.

  3. 3

    Trate as doenças causadas por micoplasmas, tais como uma doença persistente, que deforma a atrofia o crescimento de folhas e frutos e se intensifica em temperaturas elevadas. No momento, as doenças causadas por espiroplasmas não têm tratamento. As árvores infectadas devem ser removidas e substituídas por plantas saudáveis que sejam propagadas por meio de enxertos não afetados por doenças.

  4. 4

    Livre-se das doenças causadas por nematoides, como o nematoide dos citros, que afetam a árvore, a raiz e o solo. Use Oxamil diluído na água de irrigação. Siga as instruções da embalagem com cuidado e nunca use mais de 3,8 litros por acre em um período de 30 dias. Ao usar esse produto químico, as pessoas não devem entrar na área sem roupas de proteção, inclusive máscaras. Além disso, o plantio e a colheita devem ser restringidos de acordo com as orientações da embalagem do produto.

Dicas & Advertências

  • As deficiências minerais podem afetar as folhas e ser confundidas com sinais de doença. Um exemplo disso é o exantema, que é o resultado de uma deficiência de cobre. As manchas nas folhas são resultado de uma deficiência de zinco e os pontos amarelos são causados pela carência de molibdênio. Os especialistas em árvores cítricas ou os testes de solo podem levar a um diagnóstico, mas se o tratamento de doenças não funcionar, as possibilidades de cura são reduzidas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível