Como curar psoríase nas unhas

Escrito por geoffrey darling | Traduzido por mariana pelicano
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A psoríase nas unhas é uma forma relativamente comum da doença de pele que afeta cerca de 7,5 milhões de americanos. O dermatologista Dr. Richard Langley estima que metade desse número apresenta psoríase nas unhas. Alguns podem apresentar apenas esse tipo – sem sinal de lesões vermelhas feias ou descamações na pele. A psoríase nas unhas é mais comum nos dedos das mãos do que nos dos pés, segundo o Dr. Langley. Mas, assim como todas as formas, não há cura (até novembro de 2009), apenas contenção e controle. Esse tipo é particularmente difícil de tratar, diz ele.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Tratamentos

  1. 1

    Tenha certeza de que é psoríase nas unhas. O Dr. Langley diz que isso pode ser uma infecção fúngica e os médicos podem diagnosticar erroneamente as duas condições. O diagnóstico correto pode ser feito após analisarem um corte da unha e fazerem uma cultura de fungos. Se for uma infecção fúngica, fungicidas orais serão efetivos. Mas pode ser ambos. A National Psoriasis Foundation (NPF) informa que cerca de um terço dos pacientes de psoríase das unhas também apresenta infecção fúngica.

  2. 2

    Faça um tratamento sistêmico de medicação oral ou injetável. As medicações normalmente são para casos moderados a severos, segundo o Dr. Langley. Metotrexato funciona muito bem nas formas mais severas, pois reduz a rápida regeneração das células da pele e tem efeito inflamatório sobre as células brancas do sangue, ele diz. Tanto o metotrexato como a ciclosporina imunossupressora podem ser efetivos contra a psoríase das unhas. Se você já faz um tratamento sistêmico de medicações para psoríase em alguma outra parte do corpo, pode também perceber melhora em suas unhas. Pese os riscos e os benefícios. O Dr. Langley diz que, se a psoríase apenas afeta as unhas, os médicos raramente usam medicamentos sistêmicos. O risco de dano renal devido a uma alta dose de metotrexato normalmente se sobrepõe aos benefícios, ele diz.

  3. 3

    Pratique a contenção. A NPF sugere cortar as unhas até o ponto em que estejam presas, o mais curto possível. Unhas soltas continuam a ser danificadas conforme esfregam contra as superfícies. É importante proteger as unhas do dano, pois o trauma frequentemente piora a psoríase das unhas, diz a NPF.

Dicas & Advertências

  • A forma mais comum de psoríase nas unhas é a com buracos e depressões rasas ou entalhes que parecem furos. Consulte um dermatologista.
  • Quando a unha se erguer, afastando da base, é onicomicose. A NPF informa que isso é uma infecção fúngica que engrossa as unhas e pode estar presente junto com a psoríase.
  • Unhas perdidas crescerão de novo lentamente, diz o Dr. Langley, mesmo nos casos mais severos. As unhas da mão podem levar entre 6 e 12 meses e as dos pés entre 12 e 18 meses.
  • Os tratamentos podem durar muito tempo antes que apresentem melhoras notáveis. Os tratamentos tópicos, sejam com esteroides ou não, são normalmente ineficazes, segundo o Dr. Langley.
  • Injetar corticosteroides abaixo da unha é um tratamento muito doloroso e normalmente não é continuado, diz o Dr. Langley.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível