Curas para a garganta seca

Escrito por axl j. amistaadt | Traduzido por lean pereira
Curas para a garganta seca

A garganta seca em geral não é sintoma de algo mais grave, mas é preciso estar atento.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

A sensação persistente de sequidão ou arranhamento na garganta pode se tornar insuportável com o tempo. Pode ainda ser acompanhada por dor e inflamação no caso de que você tenha contraído um resfriado ou uma gripe. Às vezes, tudo isso é resultado de uma atmosfera seca, ou até por ter gritado muito na torcida do jogo do colégio. Felizmente, a garganta seca não é algo normalmente grave, e pode ser aliviada com alguns remédios caseiros simples e senso comum.

Outras pessoas estão lendo

O que causa a garganta seca

Condições atmosféricas sem a umidade necessária podem facilmente causar sequidão na garganta, e ela pode ser ainda mais comum no inverno, que é quando você se mantém dentro de casa por muito tempo sem renovar o ar que respira. A garganta se torna seca e arranhada especialmente de manhã. Alergias podem causar sequidão e arranhamento na garganta em pessoas sensíveis, o que pode também ser desencadeado por reações a pólen, pelos de animais ou mofo. Pessoas que respiram quase sempre pela boca estão comumente afligidas pela sequidão de garganta crônica, que costuma ser resultado da congestão nasal característica de resfriados, por exemplo. Acredite ou não, os músculos de sua garganta suportam lesões da mesma forma que o fazem outros músculos no corpo. Se você passa toda uma noite gritando a plenos pulmões em um show ou evento musical, pode provocar lesões e acabar com a garganta seca. A poluição é uma importante causa da sequidão na garganta. A maioria das pessoas sabe que há inúmeras partículas contaminadas quando saem, mas se esquecem de que a poluição que existe dentro de casa pode chegar a ser muitas vezes pior, quando se trata de sequidão na garganta. Fumar ou usar tabaco ou outras substâncias é uma causa comum de sequidão na garganta, e também é importante lembrar que muitas pessoas experienciam dor ou inflamação na garganta depois de consumir bebidas alcoólicas ou comidas picantes.

Remédios caseiros simples

Beba líquidos frios constantemente e em grande quantidade, chupe um cubo de gelo de vez em quando e mantenha a garganta umidificada. Pirulitos e barras de cereal ajudam muito. Busque fazer os seus próprios doces, congele, em fôrmas de gelo, sucos ou até mesmo chás de sua preferência -- mas enchendo-a sempre até a metade, para facilitar na hora de comê-los. Chupe pastilhas para garganta ou até mesmo doces duros, para estimular a salivação e, consequentemente, lubrificar sua garganta -- muitos consideram a goma de mascar uma grande ajuda. Dissolva mel e limão em um copo de água quente, deixe-o esfriar e vá bebendo pouco a pouco -- você pode até adicionar gelo para uma bebida bem refrescante. Em um copo com água quente, adicione uma colher de chá de sal. Espere até que esteja à temperatura ambiente, e use-a para fazer gargarejos -- o sal alivia a garganta seca e arranhada, e pode ser usada tanto quanto você necessite.

Seja bondoso com sua garganta seca

Use um umidificador, particularmente durante os meses de inverno, que é quando você estará respirando uma grande quantidade de ar quente e seco em sua casa (colocá-lo no quarto durante a noite é ideal). Evite quaisquer substâncias com as quais você tenha um histórico de alergias. Não fume, e fuja de coisas que farão sua garganta secar, como álcool e comidas muito picantes. Não fale muito -- dê um descanso à sua voz e músculos da garganta, e dê a eles a chance de se recuperar por si sós.

Quando não é tão simples

Caso a garganta seca comece a doer dentro de alguns dias de desconforto inicial, pode ser que seja algo mais complicado. É possível que você tenha contraído um resfriado ou gripe, o que te dará alguns dias desagradáveis mas desaparecerá em seu próprio tempo. Entretanto, existe a possibilidade de que seja uma inflamação mais severa ou uma tonsilite, portanto, fique atento a alguns detalhes. Procure ajuda médica se experienciar vômito, náusea, dor de cabeça ou se tiver uma dor de garganta frequente, amígdalas vermelhas e maiores, gânglios linfáticos inchados no pescoço, sangue presente na saliva, rouquidão ou tosse com duração maior a duas semanas, pus ou pontos brancos na parte mais profunda da garganta ou erupções cutâneas. Esteja alerta à temperatura de uma febre alta, de 40°C em crianças ou adultos ou 38°C em bebês.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media