Curas para a síndrome do dedo do pé em martelo

Escrito por faith mcgee | Traduzido por rodrigo leite
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

A síndrome do dedo do pé em martelo é uma condição que faz um dedo do pé dobrar-se no meio de uma articulação. Essa doença geralmente ocorre quando uma pessoa usa sapatos demasiado pequenos; no entanto, algumas pessoas nascem com ela, ou têm diabetes ou sofrem uma lesão no pé que pode resultar nela. Usar sapatos que esfregam continuamente na parte elevada do pé pode fazer com que esse problema se torne permanentemente rígido devido à contração muscular.

Outras pessoas estão lendo

Calçados

Dependendo da flexibilidade do seu dedo do pé, seu médico pode sugerir que você encontre sapatos que tenham mais espaço ou que você use solas ortopédicas. Obtenha as medidas dos seus pés em uma loja de sapatos depois de ter andado por algumas horas. Geralmente, os pés das pessoas começam a se expandir quando exercitados; eles também podem mudar ao longo do tempo, e seu tamanho pode ser diferente de alguns anos atrás. Meça o comprimento e a largura do seu pé. Como os dois pés não são exatamente iguais, compre sapatos que se encaixem no pé maior. Ao experimentar sapatos, vista meias que você use normalmente. Deixe uma folga de 1,5 cm do topo do seu dedo do pé ao sapato. Procure sapatos com salto baixo e com uma caixa de dedo do pé profunda. Compre sapatos que sejam confortáveis apesar da última moda. Experimente uma variedade de tamanhos e sapatos para encontrar o que se encaixe melhor.

Palmilhas ortopédicas podem ser personalizadas e concebidas para seu problema. Essas solas almofadadas são prescritas por um podólogo e colocadas dentro de um sapato normal. Há também palmilhas sem prescrição que você pode comprar, como PediFix Hammer Toe Cushion.

Esticar

De acordo com a Academia Americana de Cirurgiões Ortopédicos, o médico pode prescrever exercícios e alongamentos para fortalecimento muscular, como pegar coisas do chão com os pés. O fortalecimento da panturrilha é um exercício que pode ajudar nesse problema. Da mesma forma, esticar o dedo do pé manualmente pode resultar em um dedo do pé mais flexível.

Cirurgia

O tratamento ambulatorial pode não ser suficiente. De acordo com a Steadman Hawkins Clinic, em Denver, Colorado, o dedo do pé em martelo fica cada vez pior se não for tratado adequadamente. Um tipo de cirurgia consiste na remoção de um pequeno pedaço de osso da articulação. Da mesma forma, o médico pode optar por unir os ossos da articulação, a fim de fortalecê-la. Além disso, um pino cirúrgico pode ser colocado para segurar o osso no lugar enquanto ele se cura. A taxa de recuperação depende da severidade da condição. Prepare-se para ficar sem poder utilizar seu pé por pelo menos alguns dias após a cirurgia. Dê tempo para o dedo curar antes de se envolver em esportes que usam os pés, como futebol. Use calçados confortáveis​​, mesmo após a cirurgia, para reduzir o risco de agravamento do problema.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível