Mais
×

Curiosidades sobre algas marinhas

Atualizado em 17 abril, 2017

As algas marinhas -- na verdade uma complexa forma de algas -- vivem somente em águas salgadas e são essenciais para a sobrevivência da vida no oceano. Elas também têm sido colhidas por séculos por muitas populações costeiras, que as utilizam devido aos seus benefícios para a saúde e propriedades culinárias deliciosas.

Já que não têm raízes, as algas marinhas crescem em rochas para absorver a luz do sol (Water and Seaweed image by Mr Shemp from Fotolia.com)

Adaptadas para o oceano

A maioria das plantas, que precisam de um equilíbrio entre luz solar e água fresca, não conseguiria viver no oceano. As algas marinhas, entretanto, mesmo sendo plantas simples, sem sistema de raízes ou flores, são bem adaptadas à vida marinha. Elas têm um exterior grosso e elástico que as protege de absorver muito sal, e crescem em cima de pedras ou outras superfícies estáveis para absorver luz solar, usada na fotossíntese.

Mais de 400 espécies

Os oceanos terrestres contém mais de 400 espécies de algas marinhas. Elas são a base da cadeia alimentar em águas salgadas, sendo essenciais para a manutenção da vida oceânica.

Algas marinhas como comida

As algas fazem parte de muitas cozinhas no mundo. Sabe-se bem que no Japão fazem parte de sopas e saladas, além de serem usadas para embrulhar sushi. São bastante usadas em países com litorais ricos em algas, como Irlanda, Islândia e Noruega. As algas têm muitos benefícios para a saúde, pois são ricas em cálcio, magnésio e iodo.

Outros usos

O ágar e outras substâncias gelatinosas são extraídas das algas. O ágar é usado como meio de cultura na microbiologia. As outras substâncias gelatinosas são usadas em tintas, gel e adesivos.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article