×
Loading ...

Curiosidades sobre a ecolocalização de morcegos

Atualizado em 21 novembro, 2016

Os morcegos usam a ecolocalização, um conceito facilmente explicado, para encontrar alimentos e voar. O morcego emite uma onda sonora e aguarda o som bater em um objeto. Quando a onda sonora atinge algo, ela ressalta do objeto e retorna ao animal como um eco. Os morcegos podem identificar o objeto apenas pelo eco; o que inclui o tamanho, a forma e a textura dos insetos perto do animal.

Os morcegos são criaturas noturnas, tornando a ecolocalização necessária para sobrevivência (Anup Shah/Digital Vision/Getty Images)

Barulhos da ecolocalização dos morcegos

O morcego produz as chamadas de ecolocalização, também conhecidas como pulsos, forçando o ar passar pelas finas membranas vocais encontradas na laringe. Assim, o som viaja através da boca ou do nariz, dependendo da espécie do morcego, mas a maioria desses animais usam a boca devido a praticidade. Uma vez que o som é emitido, o morcego aguarda o retorno do eco.

Loading...

Audição de um morcego

Um morcego tem orelhas significativamente grandes para o tamanho da cabeça e do corpo. Elas são em forma de funil, facilitando a captação de sons. Além disso, os morcegos têm uma dobra dentro de cada orelha para ajudar a direcionar o som quando entrar no canal do ouvido. As orelhas de um morcego são especialmente construídas para melhor lidar com as faixas de frequências ultrassônicas especializadas.

Identificação de morcegos

Dependendo das espécies de morcegos, o animal usará um sinal de bipe ou clique quando for usar a ecolocalização. Os morcegos que utilizam o som de clique nesse sentido usam um sistema em que cada clique tem um significado distinto, similar ao que se usa com o Código Morse. Estes bipes e cliques especializados ajudam os morcegos a determinar qual som da ecolocalização pertence a especialmente a eles, bem como a forma de identificar seus próprios filhotes em um poleiro lotado.

A precisão da ecolocalização de um morcego

Algumas espécies de morcegos têm sistemas de ecolocalização muito sofisticados para auxiliá-los na captura de presas difíceis. Por exemplo, o morcego-pescador tem uma ecolocalização que pode detectar um peixinho que está logo abaixo da superfície da água. A ecolocalização de um morcego pode identificar a barbatana do peixinho, mesmo que tenha a espessura de um fio de cabelo humano. Essa habilidade torna esses animais os campeões em encontrar uma agulha no palheiro.

Poder da ecolocalização

O bipe do morcego pode chegar a um nível de 130 no sistema de decibéis. Esse nível pode ser comparado ao som de um fogo de artifício ou de uma britadeira. O morcego também pode alterar a rapidez com que os pulsos são emitidos, principalmente enquanto persegue a presa. Normalmente, esses mamíferos com asas emitem dez pulsos por segundo, mas eles podem aumentar esse valor e chegar a 200 pulsos por segundo, quando estiverem em uma perseguição.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...