Como fazer um currículo profissional

Escrito por lucila runnacles
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um currículo profissional
O CV é como se fosse o seu cartão de visitas (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

Na hora de procurar trabalho ou se candidatar a uma vaga específica é primordial ter um bom currículo pronto. O CV (curriculum vitae) é o cartão de visitas do profissional ou trabalhador, é o histórico que vai ajudar a apresentar você para possíveis empresas contratantes. No CV existem dados que não podem ficar de fora de jeito nenhum e outros que são opcionais. Veja como fazer um bom currículo profissional e conseguir aquele emprego que você tanto deseja.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • - Papel
  • - Computador
  • - Impressora

Lista completaMinimizar

Instruções

    Dados pessoais

  1. 1

    A primeira coisa a ter em mente é que você deve ser direto e sucinto. Pense que os selecionadores não têm muito tempo disponível. Seja honesto e não coloque informação de algo que você não tenha feito realmente. Na primeira parte (dados pessoais) você deve escrever; nome completo, ano de nascimento, endereço, cidade e país onde vive, estado civil, e-mail e telefones de contato.

    Como fazer um currículo profissional
    O ideal é que o currículo não tenha mais do que duas páginas (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)
  2. 2

    Objetivo profissional e qualificações Nessa parte, o candidato deve escrever de uma maneira direta e simples qual é o cargo que lhe interessa e por quê. O tópico seguinte é muito importante, o das qualificações. Aqui você deve colocar suas melhores habilidades, experiências e por quê você se considera o melhor profissional para essa vaga. O objetivo é chamar a atenção para que o seu CV não passe desapercebido no meio de tantos outros.

    Como fazer um currículo profissional
    Tente mostrar ao empregador por quê você deveria ser chamado para uma entrevista (Creatas Images/Creatas/Getty Images)
  3. 3

    Formação acadêmica e experiência profissional Neste item, o candidato deve colocar o último nível de estudo que tenha: nível médio, universitário, especialização, MBA, etc. O mais importante é sempre o último, que deve aparecer primeiro. Além disso, também é necessário colocar o nome da instituição e o ano de término, ou data aproximada de finalização, se ainda estiver em curso. Na área de experiência, é importante contar tudo o que você já fez em trabalhos anteriores, desde que seja relevante para o emprego que você está procurando. Por exemplo, se já trabalhou de farmacêutico e a vaga é para professor, não vale a pena colocar isso. A ordem dos trabalhos deve ser descrescente, da mais recente à mais antiga. É importante dizer o nome da empresa, o cargo que ocupou, descrever brevemente a sua função, e a data de início e fim desse trabalho.

    Como fazer um currículo profissional
    Só coloque as experiências profissionais que forem relevantes para essa vaga (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  4. 4

    Idiomas e outras informações Neste campo, o candidato deve escrever sobre os idiomas que fala e o seu nível de dominio; inglês, espanhol, francês, etc. A fluência pode ser medida em básica, intermediária, avançada, fluente e bilíngue. Se você não tem noção de determinado idioma, não é preciso escrever no CV. Devem ser incluídos somente os idiomas nos quais você pode se comunicar. Além disso, no item de informações, o candidato escreve outros cursos, domínio de informática que possui e workshops relevantes que participou, informando o nome da instituição, data de início e fim, e a carga horária total.

    Como fazer um currículo profissional
    Se você não fala um idioma, não coloque-o no currículo (BananaStock/BananaStock/Getty Images)
  5. 5

    Prêmios, viagens e hobbies Esta é a parte mais “light” do seu currículo. Aqui é onde a empresa terá uma ideia do seu perfil pessoal. Neste campo, você pode escrever se ganhou algum prêmio importante ou sobre uma menção que tenha recebido. As viagens que fez, se forem relevantes para a vaga. Trabalhos voluntários que realiza ou realizou. Você pode até mesmo escrever sobre o que gosta de fazer nas horas vagas e seus hobbies.

    Como fazer um currículo profissional
    Escreva seus hobbies e o que gosta de fazer fora do trabalho (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)
  6. 6

    O que não é preciso colocar - Não é obrigatorio mandar um CV com foto. Você deve ser escolhido pela sua experiência profissional, não pela sua aparência - Motivos pelos quais saiu de trabalhos anteriores - Pretensão salarial - Certificados de cursos que realizou - Números de documentos

    Como fazer um currículo profissional
    Não é preciso colocar foto no CV (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Dicas & Advertências

  • - Antes de enviar o currículo, revise o material várias vezes: erros de português não são aceitáveis
  • - Seja claro e objetivo. Faça um CV limpo, com layout simples e agradável
  • Não minta ou escreva informações que não são verdadeiras. Você pode ser desmascarado na entrevista e perder a oportunidade de conseguir o emprego.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível