Como fazer um cuscuz paulista

Escrito por pedro santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como fazer um cuscuz paulista
O cuscuz paulista é uma das receitas típicas da região Sudeste (Flickr: hannygb)

Prato árabe originário da região norte da África, o cuscuz é uma iguaria apreciada por pessoas dos mais diversos lugares do planeta. A base da massa do cuscuz é feita de farinha ou polvilho, milho, arroz ou mandioca. Muito popular em Portugal, o prato foi trazido ao Brasil com a vinda da família real, em 1808. Aqui, foram adicionados outros ingredientes que incrementaram a receita do cuscuz. Na época dos bandeirantes paulistas – viajantes que procuravam por ouro de São Paulo até Minas Gerais –, o cuscuz era um dos principais alimentos que ao mesmo tempo era leve e resistia às grandes caminhadas. Daí, veio o nome cuscuz paulista, um delicioso prato conhecido em todo o Brasil.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • 1/2 xícara de chá de azeite
  • 2 xícaras de chá de água quente
  • 2 pimentões picadinhos (verde ou vermelho)
  • 1 cebola picada
  • 1 lata de ervilha
  • 1 caixa de molho de tomate
  • 1 lata de milho
  • 3 xícaras de chá de farinha de milho
  • 2 ovos cozidos
  • 2 latas de atum
  • Caldo de galinha
  • Tomates em rodelas
  • Sal a gosto
  • Salsinha a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    O primeiro passo para fazer um saboroso cuscuz paulista é simples. Em uma panela, aqueça o azeite em fogo médio e refogue os seguintes ingredientes: cebola, pimentões, ervilhas e milho. Coloque sal e tempere a gosto.

  2. 2

    Adicione o molho de tomate, o atum e o caldo de galinha e mexa bem até a mistura se dissolver.

  3. 3

    Acrescente as duas xícaras de água quente e espere até a mistura ferver.

  4. 4

    Agora, acrescente a farinha de milho e mexa bem até que todos os ingredientes fiquem incorporados à massa. Para evitar que a masse fique empelotada, adicione a farinha de milho aos poucos.

  5. 5

    Quando a farinha estiver cozida, coloque os temperos a gosto, como a salsinha e a pimenta-do-reino, que são responsáveis pelo sabor final. Quando a massa estiver soltando da panela, você já pode desligar o forno.

  6. 6

    Em seguida, reserve a massa, pois é hora de preparar a decoração do prato. Em uma forma untada com azeite ou manteiga, coloque os ingredientes para decorar o cuscuz, como os ovos cozidos e os tomates cortados em rodelas. A forma de pudim com um furo no centro é a mais utilizada na receita do cuscuz.

  7. 7

    Se preferir, coloque mais ingredientes para decoração do prato. Acomode a massa na forma com cuidado e distribua igualmente. Depois, usando uma espátula, aperte as extremidades até que a mistura fique homogênea.

  8. 8

    Quando o cuscuz esfriar, retire da forma e o prato está pronto para servir. O cuscuz paulista pode ser degustado frio ou morno, dependendo do gosto. Agora, você está pronto para degustar uma das receitas mais saborosas do Sudeste brasileiro. Aproveite e bom apetite!

Dicas & Advertências

  • Um dos segredos para a massa ficar consistente é mexer bem a mistura em todas as etapas.
  • Se prefeir, você pode substituir o atum por outros ingredientes, como frango, sardinha ou camarão.
  • Como em qualquer receita gastronômica, seja criativo na decoração do prato.
  • Cuidado para não deixar a massa queimar. Caso contrário, toda a receita ficará comprometida.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível