O custo da cirurgia do "olhinho de cereja" em cães

Escrito por lawrence gould | Traduzido por rodrigo castilhos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O custo da cirurgia do "olhinho de cereja" em cães
Cão com olho de cereja (brown cute dog puppy eye image by Paul Retherford from Fotolia.com)

"Olhinho de cereja" é o nome mais comum para o "prolapso da glândula da 3ª pálpebra. A terceira pálpebra não se trata realmente de uma pálpebra, mas da "membrana nictitante". Esta membrana tem um duto lacrimal que é responsável por 30% da produção lacrimal do cão. A membrana também cobre o globo ocular por completo, enquanto se retrai em direção à órbita ocular, criando uma camada de proteção. No entanto, esta membrana pode se tornar um problema. Por alguma razão desconhecida, ocorre a mudança de posição (ou prolapso) da membrana, dilatando-se, deixando o olho do animal brilhante, vermelho e irritado como resultado. Para o desgosto financeiro dos seus donos, a maioria dos cães com "Olhinho de Cereja" acabam precisando de cirurgia.

Outras pessoas estão lendo

Quais as raças mais propensas ao olhinho de cereja?

Embora qualquer cão pode ter esse problema, certamente há raças mais propensas a isso. Exemplos destas raças incluem, mas não se limitam a: buldogues, pugs, chow chows, bloodhounds, beagles e shar-peis. As raças de olhos mais protuberantes, como os Boston terrier, parecem ter predisposição ao problema.

O que a cirurgia corrige?

O olhinho de cereja ocorre quando a membrana se separa da órbita ocular. Sem conhecimento de sua causa, a prevenção é praticamente impossível; após o aparecimento da anomalia, dificilmente sara sem uma intervenção cirúrgica. Se for detectado com brevidade, no entanto, o médico veterinário pode tentar tratamentos não-invasivos como antibióticos e esteroides, tanto injetáveis quanto de uso tópico antes de uma cirurgia. Esses tratamentos são ineficientes na maioria das vezes, mas muitos veterinários e donos de animais podem aliviar o problema desta forma, ao invés de arcar com os custos de uma cirurgia.

A cirurgia da "técnica de bolsa"

Há três opções de cirurgias disponíveis, a "técnica de bolsa", a remoção completa e a remoção parcial. A técnica da bolsa é consiste em fazer duas pequenas incisões, daí criando uma "bolsa" e então inserindo uma membrana nela. Esta cirurgia permite que o cão continue com os duto lacrimais incluídos na membrana. O custo da cirurgia fica em torno de R$500,00 ou mais, tendo alguns relatos de gastos acima de R$2000,00 em casos extremos. A cirurgia, no entanto, não é uma garantia de que o problema do "Olhinho de Cereja" não volte. Às vezes, a membrana ou "terceira pálpebra" desloca-se outra vez e a cirurgia deve ser repetida.

Opções de remoção completa ou parcial

Duas outras opções cirúrgicas estão disponíveis a um preço mais acessível, mas são tipicamente problemáticas na medida em que pode criar outros problemas para o animal. A cirurgia de remoção completa ou parcial pode ficar em torno de R$200,00 a R$800,00 e pode, muitas vezes, deixar o cão susceptível à xeroftalmia, também conhecida como "olho seco", pois o olho deixa de ser lubrificado pelo duto lacrimal. Este pode ser um procedimento caro pois, apesar da medicação dada, é frequente a necessidade de uma cirurgia para "criar" dutos lacrimais alternativos, o que pode passar de R$1000 em custos . A remoção parcial consiste em remover apenas a parte afetada da membrana, deixando o restante intacto. Embora parte do canal lacrimal seja salvo, a chance da membrana voltar a se inflamar e assim como o perigo de xeroftalmia ainda estão lá.

Resumindo

Como o "Olhinho de Cereja" pode aparecer a qualquer momento e a sua causa é desconhecida, uma prevenção é quase impossível. O dono do animal só pode contar com a sorte de detectar o problema o quanto antes possível. A pálpebra ficará vermelha, deixando o cão irritado. Se tratada logo no seu aparecimento, os tratamentos com antibióticos e esteroides poderão funcionar, poupando-lhe algumas centenas de reais na melhor das hipóteses. Se a cirurgia for a única opção, fale com o veterinário sobre qual seria o melhor tratamento para o seu cão. O custo entre as diferentes opções de cirurgias não são tão drásticas e a técnica da bolsa parece ser de longe a melhor disponível atualmente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível