Como customizar o CentOS

Escrito por fred decker | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como customizar o CentOS
O mascote do Linux é o pinguim (Franco Origlia/Getty Images News/Getty Images)

A maior força e, talvez, também a maior fraqueza dos sistemas GNU / Linux são as possibilidades de customização. Toda versão ou distribuição -- também chamadas "distros" -- populares vêm junto com seus programas padrão, que podem ser configurados às necessidades ou desejos dos usuários. No entanto, mesmo essa possibilidade não dá a liberdade desejada por alguns usuários. Aqueles que querem uma versão personalizada de uma distribuição como o CentOs têm à sua disposição a ferramenta online "instalinux", que torna o processo o mais direto possível.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Conexão à internet
  • Drive gravador de CD ou DVD
  • CD ou DVD em branco

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Confira se sua conexão à internet está ativa: digite "www.instalinux.com" em seu navegador. Na página inicial, clique em "Let's get started" (Vamos começar).

  2. 2

    Selecione CentOS a partir da lista "Distro" e escolha dentre as versões disponíveis. Você deverá normalmente escolher a mais recente, a não ser que tenha um motivo específico para se ater a uma mais antiga. No menu de arquitetura, escolha "i386" para uma versão 32 bits do CentOS ou "X86_64" para uma de 64 bits. Deixe a guia DHCP em branco.

  3. 3

    Clique no próximo menu. Deixe o método de instalação como HTTP, e a imagem de instalação como "CentOS ISO image". Escolha a interface de rede correspondente àquela utilizada por seu sistema (geralmente eth0, ath0 ou lan0) e clique em "Continue".

  4. 4

    Escolha um mirror próximo a você no menu correspondente. Escolha também seu fuso horário, idioma, layout de teclado e configurações de mouse. Clique agora em "Continue".

  5. 5

    Na próxima tela, escolha os grupos de programas desejados na lista, e também se o CentOS irá particionar seu disco rígido automaticamente ou não. Na seção do lado da tela, pode-se inserir manualmente o nome dos RPMs dos programas desejados, não sendo necessário pegar um dos grupos preexistentes. Clique agora em "Continue".

  6. 6

    Escolha os tamanhos mínimo e máximo das partições, os sistema de arquivos desejados e clique em "Continue". Você será direcionado agora a uma tela para conferir seus dados. Também configure a senha do usuário root e nome e senha do usuário padrão. Quando tudo estiver satisfatoriamente configurado, clique em "Go For It" (Começar uso) na parte de baixo da tela.

  7. 7

    Faça um printscreen ou anote a soma de verificação (checksum) da página de confirmação. Baixe o arquivo ISO, e compare a soma de sua cópia à apresentada no site. Se forem iguais, não houve erros no download. Grave então a imagem em um CD ou DVD inicializável e utilize-o para instalar seu CentOs personalizado.

Dicas & Advertências

  • Essa ferramenta online torna fácil, até mesmo para um usuário sem muita experiência, criar seu próprio sistema GNU / Linux. Isso pode ser tanto bom quanto ruim: se não souber ao certo o que está escolhendo, faça uma pesquisa ou apenas aceite as configurações padrões do instalinux, se aplicável.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível