Como dar uma cambalhota dupla para trás

Escrito por tom johnson | Traduzido por alexandre amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como dar uma cambalhota dupla para trás
A cambalhota dupla para trás pode ser divertida, mas tome precauções de segurança (Ryan McVay/Photodisc/Getty Images)

Antes de aprender como dar uma cambalhota dupla para trás, é preciso saber como fazer uma cambalhota para trás em um trampolim. Uma cambalhota dupla para trás é uma acrobacia feita para trampolins. Sem a altura dele, essa manobra se torna arriscada. Por razões óbvias, nunca se deve tentar um salto assim no chão. É impossível para qualquer um, exceto um ginasta altamente treinado.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Trampolim
  • Professor de ginástica ou auxiliar profissional

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Antes de começar a praticar a cambalhota dupla para trás, é recomendado que se pratique a manobra de se levantar após uma queda de costas. Ela é uma manobra de trampolim na qual se pula para cima e aterrissa no trampolim com a parte de cima das suas costas. Ao quicar de volta para cima, puxe suas pernas para cima como se estivesse fazendo uma cambalhota para trás. Essa manobra é crucial para aprender a cambalhota dupla para trás. Certifique-se de que seu técnico ou assistente está junto para apoiá-lo.

  2. 2

    Quanto estiver confortável o bastante puxando seu corpo ao cair de costas, pratique a seguinte sequência: faça uma cambalhota para trás, aterrisse, então puxe seu corpo ao cair para trás. Continue praticando até que esteja confortável com a rotina. Peça ajuda ao seu técnico ou auxiliar, se necessário.

  3. 3

    Assim que estiver familiarizado com a sequência do passo 2, pare de aterrissar na sua cambalhota para trás. Gire seu corpo a mais e caia de costas ao invés de aterrissar de pé. Faça uma puxada de costas a partir dessa posição. É útil realizar essa manobra bem alta e rápidamente. Isso não apenas lhe dará o tempo necessário para se preparar para a sua queda, como ainda treinará seu corpo para fazer a rotação necessária. Peça ajuda ao seu técnico ou auxiliar o quanto for necessário e pratique com calma. Essa parte em particular da sequência é a mais importante e precisa ser dominada antes de tentar a cambalhota para trás dupla completa.

  4. 4

    Quando conseguir realizar o passo 3 com facilidade, comece a puxar suas pernas para cima mais rápido durante a levantada. Mantenha seus joelhos bem presos ao corpo para maximizar a velocidade de rotação.

  5. 5

    Quando estiver acostumado a puxar suas pernas rapidamente durante a levantada após a queda de costas, é hora de tentar a cambalhota dupla para trás. O tempo dessa manobra é diferente de uma cambalhota simples e, se desprender as pernas quando achar que deveria fazê-lo, corre-se o risco de abri-las cedo demais e se machucar. Pule alto e faça uma cambalhota para trás rápida, mas mantenha seus joelhos juntos durante a segunda rotação. Não tente aterrissar de pé nas primeiras vezes. Tente aterrissar com a parte traseira para acostumar seu corpo a manter seus joelhos presos até que esteja acostumado com a cronometragem.

  6. 6

    Quando finalmente estiver confiante ao fazer a cambalhota dupla para trás caindo com a parte traseira e estiver confiante de ter dominado o tempo necessário para fazer a manobra, você deverá estar pronto para cair de pé facilmente ao executar a manobra. Boa sorte e cuidado!

Dicas & Advertências

  • Mantenha seus joelhos presos ao corpo o tempo todo durante a rotação. Isso ajuda a girar mais rápido e aterrissar mais facilmente.
  • Sempre use um auxiliar ao treinar.
  • É útil praticar a aterrissagem dessa manobra em uma piscina com água ou espuma para minimizar riscos.
  • Assim como todas as manobras de ginástica, nunca abra seu corpo cedo demais, pois isso pode causar lesões sérias no pescoço e nas costas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível