Como dar um discurso de tributo em um funeral

Escrito por william mccoy | Traduzido por geissy de assis
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como dar um discurso de tributo em um funeral
Elogios devem vir do coração (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Comparecer a um funeral é emocional e desafiador se você era próximo do recentemente falecido. O dia pode ser ainda mais estressante, se você foi convidado para fazer um tributo, ou elogio, para homenagear o falecido. Falar em público é uma fobia comum para muitas pessoas, mas adicione tristeza à equação, e as coisas podem ser ainda mais difíceis. A chave para um discurso de funeral é escrever um elogio memorável de seu coração e estar preparado para apresentá-lo.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Anote memórias importantes da vida do falecido, certificando-se de incluir aquelas que você compartilhou com ele. Fazer um discurso espontâneo pode parecer fácil, mas pode tornar as coisas mais difíceis. A chave é estar bem preparado. Nos dias que antecedem o funeral, refine suas anotações e treine-as em um discurso. Converse com outras pessoas próximas do falecido para adicionar suas memórias e pensamentos para a sua fala.

  2. 2

    Permita-se ficar emotivo antes de fazer o discurso. Isso pode ser feito em particular com outra pessoa amada. Devido aos funerais serem eventos emocionalmente carregados, ter um orador abatido e sem conseguir falar pode causar mais emoção no grupo. Se você se permite chorar ou liberar a tensão de outra maneira antes do funeral, você poderá ficar mais calmo durante seu discurso.

  3. 3

    Apresente-se brevemente no início da sua fala. Se você foi convidado para elogiar o falecido, provavelmente era muito próximo dele. Mas algumas pessoas presentes no funeral podem não conhecer você, por isso é importante identificar a sua relação com ele.

  4. 4

    Inclua lições que você aprendeu com o falecido. Elogios muitas vezes servem para lembrar a pessoa que morreu e compartilhar o impacto que sua vida teve sobre os outros. Fale sobre como você aprendeu coisas com ele e partilhe memórias que sempre vai carregar consigo.

  5. 5

    Fale sobre o que o falecido significou para você e o vazio que você sente agora que ele se foi. Não tenha medo de compartilhar seus sentimentos com o grupo, porque esse é um passo importante no processo de cura.

  6. 6

    Mantenha o seu discurso curto. Cinco minutos é tipicamente um comprimento aceitável, mas talvez você deva falar por menos tempo se há outros que falarão também. Discursos pode perder o seu impacto se forem excessivamente longo, e é imprudente ficar muito tempo no pódio.

Dicas & Advertências

  • Pode ser aceitável incluir um pouco de humor em seu discurso de homenagem, mas isso depende da pessoa que morreu e da natureza do funeral. Se uma pessoa viveu uma vida feliz e plena e morreu com 90 anos, pode ser apropriado compartilhar algumas histórias bem-humoradas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível