×
Loading ...

A deficiência de vitamina D pode causar coceiras?

Atualizado em 10 maio, 2017

A vitamina D, conhecida como a vitamina do sol, é essencial para o organismo, é solúvel em gordura e é responsável por diversas funções corporais. Sua principal função é permitir que o corpo absorva cálcio para a formação dos ossos. Ela também está relacionada à saúde do sistema imunológico. Pessoas com níveis inadequados de vitamina D têm mais chances de ter problemas de pele.

Apenas 15 minutos de luz solar ajudam a manter os níveis de vitamina D (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Efeitos colaterais da deficiência

Nos últimos anos, muito se pesquisou sobre a vitamina D. Os relatórios divulgados pela Secretaria de Suplementos Dietéticos dos EUA mostram que os níveis adequados dessa vitamina, sejam por meio de sol, dieta ou suplementos, podem evitar diversos problemas de saúde graves, desde problemas ósseos a anormalidades na tireoide, câncer, diabetes e doenças cardíacas. Em relação à coceira na pele, esse problema costuma ser causado pela ingestão de muita vitamina D, e não por uma insuficiência, de acordo com o Centro Médico da Universidade de Maryland. Por outro lado, algumas doenças cuja ocorrência é relacionada à deficiência ou inadequação nos níveis de vitamina, como a diabetes tipo 2, podem causar esse mesmo sintoma.

Loading...

Psoríase

Em 2011, pesquisadores da Clínica de Artrite Psoriásica da Universidade de Toronto descobriram que pessoas com níveis baixos de vitamina D têm maior risco de desenvolver artrite psoriásica, que é uma combinação de psoríase com artrite inflamatória. Os pacientes que vivem mais distantes da linha do Equador recebem menos luz solar e, por isso, têm mais chances de ter a doença. As condições que causam coceira na pele, como a psoríase, podem ser tratadas ou até mesmo prevenidas com vitamina D, de acordo com o site "Consumer Reports". A psoríase é um problema comum que causa o acúmulo rápido de células na superfície da pele, o que a deixa com um aspecto escamoso e causa ressecamento e coceira. Trata-se de uma doença crônica, mas, se o tratamento for feito corretamente, ela pode entrar em remissão por longos períodos de tempo.

Diabetes

As pessoas que têm níveis baixos de vitamina D podem desenvolver diabetes tipo 2, segundo relata o Centro Médico da Universidade de Maryland. Entre os pacientes dessa doença, 33% têm uma doença de pele. Em muitos casos, esses problemas são o primeiro sinal da diabetes, segundo a Associação de Diabetes dos EUA. Os sintomas mais comuns incluem coceira e infecções fúngicas ou bacterianas. A conexão entre a diabetes e a vitamina D é bastante evidente, mas não há evidências de que tomar essa vitamina possa prevenir ou ajudar no tratamento. Entretanto, o Centro Médico da Universidade de Maryland relata que dar às crianças 2.000 IU de vitamina D por dia durante o primeiro ano de vida pode ajudar a protegê-las contra a diabetes 2 pelo resto da vida.

Sol

Usar protetor solar ajudará a prevenir queimaduras de sol e melanomas, contudo, usar um produto com FPS 15 pode reduzir em 99 % a capacidade da pele de produzir vitamina D, de acordo com o Michael Holick, PhD e diretor da Clínica de Saúde dos Ossos e do Centro de Pesquisa de Pele, Luz e Helioterapia do Centro Médico da Universidade de Boston. Se você tiver deficiência de vitamina D, pode ser recomendado sair ao ar livre por aproximadamente 15 minutos, três dias por semana. Se ficar exposto por um período maior, existe o risco de sofrer uma queimadura, que pode causar coceira. Holick sugere sempre usar filtro solar no rosto, já que essa parte representa apenas 9 % da superfície do corpo e, portanto, não produz quantias significantes de vitamina D. Além disso, evite tomar sol durante os horários de pico, quando os raios UV são mais intensos e, portanto, podem causar queimaduras.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...