Como definir uma substância osmoticamente ativa

Escrito por adam cloe | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como definir uma substância osmoticamente ativa
A osmolaridade de uma solução é baseada nas quantidades de soluto em relação ao solvente (Comstock Images/Comstock/Getty Images)

As substâncias osmoticamente ativas exercem um papel importante na natureza, além de possuírem uma função fundamental na biologia. Muitos sistemas biológicos fazem uso da atividade osmótica para distribuir nutrientes e armazenar energia. Para a definição dessas substâncias, é necessário entender as propriedades das soluções.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Calculadora

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Entenda o significado de osmolaridade. A osmolaridade de uma solução é baseada nas quantidades de soluto (o elemento dissolvido) em relação ao solvente (o líquido em que o soluto é dissolvido). A quantidade de soluto geralmente é definida em mols. O mol é um valor baseado no peso de uma determinada quantidade de substância. O número de mols do soluto dividido pelo volume (normalmente em litros) do solvente é a molaridade.

  2. 2

    Defina a osmolaridade relativa de outra solução. Por exemplo, a água pura destilada, por definição, não possui osmolaridade. Por outro lado, duas soluções diferentes, com a mesma molaridade, não terão qualquer potencial osmótico entre elas. Uma solução que é osmoticamente ativa em relação a outra solução transferirá soluto ou solvente até que as duas substâncias tenham a mesma osmolaridade.

  3. 3

    Junte suas soluções. Uma substância osmoticamente ativa só é ativa se for possível a troca de soluto ou solvente entre as duas soluções. Às vezes, estará presente uma barreira que bloqueia esta ocorrência; tais barreiras são chamadas de impermeáveis.

  4. 4

    Entenda a força osmótica. A atividade osmótica pode ter várias forças impulsionadoras diferentes. A forma mais básica é aquela que procurar nivelar a concentração de um soluto entre dois solventes. Em outras situações, uma substância osmoticamente ativa é acionada não tanto pela concentração de solutos individuais, mas sim por suas cargas. Quando existem solutos com múltiplas cargas, a atividade osmótica pode fazer com que as soluções tentem minimizar a carga líquida que cada solução possui.

  5. 5

    Utilize a entropia. A osmose é o resultado natural do processo de entropia, uma lei física que sugere que todos os estados naturais procuram entrar em desordem. No caso das soluções, isso significa que as moléculas de um soluto tentarão se espalhar de modo mais uniforme possível entre as soluções combinadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível