Deformação durante a laminação do granito

Escrito por maria kielmas Google | Traduzido por handrei peterson
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Deformação durante a laminação do granito
Zonas de cristalização do granito geram áreas mais frágeis e empenamentos (Thomas Northcut/Photodisc/Getty Images)

O granito é a rocha ígnea mais comum na face da terra. Apesar de ser muito resistente e durável, além de decorativo, o granito pode se deformar. Uma placa de 2cm pode se deformar até 7mm. Um aumento na espessura aparece como uma saliência ou "embarrigamento" na placa. Essa deformação é resultado de algo que pode vir desde a formação da pedra ou é proveniente do corte ou da instalação final.

Outras pessoas estão lendo

Cristalização

O granito emerge da crosta terrestre em forma fluida com pedra fundida -- o magma. Conforme essa matéria é resfriada e começa a cristalizar, as forças tectônicas formam o granito, causam aumento da temperatura e derretem novamente a pedra. O contínuo processo de cristalização ocasionado por esse aquecimento e pressão ao longo do tempo geológico produz redemoinhos e estratificação de diferentes cristais que fazem dele um material decorativo atraente. Porém, esse mesmo processo causa zonas de fraqueza dentro do material, que se torna evidente após a mineração.

Composição

Os principais componentes do granito são o quartzo cinza, feldspato rosa, preto mica e homblenda azul ou verde. A melhor qualidade de granito é o granito preto, com a menor proporção de quartzo e uma estrutura cristalina fina e uniforme. Como o granito esfria na crosta terrestre, o quartzo pode cristalizar-se em veias que criam zonas de fragilidade. O quartzo também resfria em forma de vidro no granito e desvitrifica ao longo do tempo. Essas zonas podem deformar a lâmina de granito durante o processo de polimento.

Extração

O método mais econômico para extração de granito consiste em fazer furos em uma grande rocha de granito em uma pedreira, introduzir explosivos e provocar uma rachadura controlada. Esse processo cria fendas menores em todo o granito extraído. Essas fendas podem deformar a lâmina ao longo do tempo. A maneira melhor e mais cara, livre de defeitos, é utilizar ferramentas específicas de pedreira que fazem cortes sem criar rachaduras.

Umidade

O teor de feldspato no granito o torna suscetível ao ataque da umidade. O feldspato reage com a água para formar argila como a caulinita ou argila china. Um problema comum em coberturas e bancadas de granito é a infiltração de umidade, geralmente ocasionada por má vedação ou selante ineficaz entre a parede, piso ou móveis. Se essas reações químicas ocorrerem nas fendas do material, podem ocasionar deformações similares às que ocorrem em lâminas de madeira.

Selante

O selante adesivo recomendado para colar lâminas de granito a uma superfície deve ser durável e rígido. O epóxi é uma combinação de resina e endurecedor recomendado para fixação de granito e outras pedras naturais a uma superfície. Outros adesivos podem falhar e permitir que a umidade penetre e provoque deformações ou deslocamentos das placas de granito.

Trabalho manual

Um corte mau feito, a laminação e o polimento produzem defeitos em qualquer material. Serviços de qualidade no granito também não eliminam eventuais defeitos no material original, como rachaduras, defeitos de umidade e zonas de cristalização. Qualquer tentativa de compensar os defeitos de um granito de baixa qualidade, aumentando sua espessura ou trabalhando as imperfeições, normalmente piora os efeitos posteriores de empenamento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível