O demodex folliculorum a a rosácea

Escrito por cynthia gomez | Traduzido por claudio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O demodex folliculorum a a rosácea
Pomadas antibióticas podem ajudar pessoas com rosácea (woman rosacea image by robert mobley from Fotolia.com)

A rosácea é muitas vezes confundida com um caso grave de acne, mas é uma condição completamente diferente. Embora o tipo de acne da qual a maioria dos adolescentes sofram seja devido à obstrução dos poros e hormônios, os pesquisadores acreditam que pelo menos um tipo de rosácea, conhecida como subtipo 2 ou rosácea papulopustular, seja causada por ácaros microscópicos - os mesmos que causam um tipo de sarna em cães.

Outras pessoas estão lendo

Definição

A rosácea pode parecer um caso de acne muito grave, mas não é. É uma doença de pele crônica que afeta o terço médio da face. É caracterizada por vermelhidão na área das bochechas. Os vasos sanguíneos dilatam-se, tornando-se mais visível. Surgem espinhas, mas ao contrário da acne normal, sua ponta não é preta nem branca. Embora seja uma doença tratável, ainda não é curável.

Causa

Enquanto as causas exatas da rosácea permanecem desconhecidas, suspeita-se que um tipo de ácaro microscópico conhecido como o "demodex folliculorum" esteja correlacionado à ela, pelo menos nos pacientes com o subtipo 2, segundo a Sociedade Nacional de Rosácea. Isto porque estes ácaros, que são naturalmente encontrados na pele humana, tendem a estar presentes na pele de pacientes com esta condição em números muito maiores que o normal, de acordo com o site "Rosacea Dermis". No entanto, não são os ácaros em si que causam a doença.

Papel

O site "Derme Rosácea" especula que as primeiras mudanças no tecido vascular e conjuntivo daqueles com o subtipo 2 provavelmente criem um ambiente favorável à proliferação desses ácaros. Enquanto os próprios ácaros são inofensivos para a maioria dos seres humanos, os pesquisadores frequentemente suspeitam que a rosácea subtipo 2 seja devido a, pelo menos em parte, uma reação de hipersensibilidade causada pela superabundância dos ácaros em pessoas com esta condição.

Contraindicações

O mais desconcertante é que as populações de "demodex folliculorum" não diminuem em pacientes cujos sintomas tenham desaparecido como resultado ou tratamento dele. Assim, é impossível saber se o tratamento simplesmente curou a hipersensibilidade, que resultou nos sintomas da rosácea, ou se os ácaros realmente não desempenham nenhum papel em seu surgimento. Um estudo de 2004 financiado pela Sociedade Nacional de Rosácea surgiu com uma nova teoria: a de que um tipo de bactéria encontrada no ácaro produz um antígeno que pode ser responsável pela inflamação associada à ela.

Prevalência

De acordo com a Sociedade Nacional de Rosácea, só nos Estados Unidos, estima-se que cerca de 14 milhões de pessoas sofram dessa doença, No entanto, não se sabe exatamente quantos deles têm o tipo específico que tem sido associado ao ácaro demodex.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível