Depressão e falta de apetite

Escrito por josalin mitchell | Traduzido por bruno callegari
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Depressão e falta de apetite
A persistente falta de apetite é um indicador de depressão (medicine for dinner image by msw from Fotolia.com)

A falta de apetite é um sintoma de depressão, mas nem todo mundo terá falta de apetite com a depressão. Consulte o seu médico se você acha que pode estar sofrendo de depressão, independente se você tenha ou não problemas de apetite.

Outras pessoas estão lendo

Os fatos

A depressão clínica é uma doença mental que provoca a longo prazo sentimentos de tristeza e desesperança, baixos níveis de energia e sintomas físicos. A depressão provoca problemas físicos que incluem perda de apetite, bem como aumento do apetite, de acordo com a Mayo Clinic.

Significado

Pacientes com depressão clínica que têm perda de apetite podem experimentar aumento da fadiga como resultado da alimentação insuficiente. A nutrição é uma parte importante do bem estar e da recuperação da depressão.

Considerações

Pacientes com depressão podem ser mal diagnosticados por sintomas físicos como a falta de apetite, que pode ser causada por uma variedade de doenças físicas.

Diagnóstico e tratamento

A depressão clínica é diagnosticada por um médico ou profissional de saúde mental, que avalia o paciente com base na perda de apetite e outros sintomas. Os médicos podem recomendar tratamentos que incluem acompanhamento psicológico e prescrição de medicamentos antidepressivos.

Complicações médicas

Alguns medicamentos antidepressivos podem ter efeitos colaterais, que incluem perda de apetite. É importante monitorar os efeitos colaterais dos medicamentos e informá-los ao seu médico, de acordo com o site PsychCentral.com.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível