Depressão e transtorno da função vestibular

Escrito por michelle rosa raybeck | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Depressão e transtorno da função vestibular
Transtornos de função vestibular podem agravar a depressão e a ansiedade (girl lean to wall image by Alexander Zhiltsov from Fotolia.com)

Tontura, andar em círculos, ter a sensação de cabeça leve, barulhos e sensações nas orelhas são alguns dos sintomas que caracterizam os transtornos da função vestibular. A piora na qualidade de vida causada por esse transtorno pode levar à depressão e ansiedade. Alguns médicos observaram que os transtornos da função vestibular podem exacerbar os sintomas dessas doenças.

Outras pessoas estão lendo

Transtornos de função vestibular

Normalmente causada por uma malformação no ouvido interno (ou, em alguns casos, no núcleo que conecta o cérebro ao ouvido interno), os distúrbios de função vestibular causam uma sensação de movimento. Essa pessoa pode sentir que está rodando, caindo, flutuando, balançando ou que o mundo está rodando. Essas sensações são vertigens e, em alguns casos, elas são graves a ponto de prejudicar a rotina da pessoa.

Depressão

A depressão é um transtorno emocional que faz a pessoa sentir-se triste, perder o interesse nas coisas do dia a dia ou ter uma queda de autoestima. A perda de qualidade de vida associada a esse transtorno pode causar depressão. Alguns estudos sugerem que esses transtornos são piores em pessoas com casos diagnosticados de depressão.

Ansiedade

A ansiedade é normal, até certo ponto, mas pode tratar-se de um distúrbio, caso se torne debilitante. O medo do que pode acontecer, às vezes, chega ao ponto de fazer a pessoa não sair de casa, reduzir as atividades e ficar sozinha. Como as pessoas com transtornos das funções vestibulares têm dificuldade de se mexer, podendo até cair, é natural que elas fiquem ansiosas. Novamente, estudos mostram que esse transtorno pode piorar o quadro de ansiedade.

Sintomas cognitivos, transtorno da função vestibular e depressão

A Vestibular Disease Association (VEDA) diz que pessoas com esse transtorno são mais suscetíveis a problemas cognitivos, como perda de memória, dificuldade em concentrar-se e em organizar informações sequencialmente. Esses sintomas podem ser tão debilitantes quanto os sintomas físicos, podendo, também, levar a depressão e ansiedade.

Tratamentos

Algumas pessoas com transtornos da função vestibular e depressão ou ansiedade respondem a certos antidepressivos, como fluoxetina. Outros respondem à terapia cognitiva, na qual os psicólogos ensinam estratégias para ajudá-los a lidar e armazenar as informações. Apesar de ser necessário aprender a conviver com o transtorno, ele não significa que o paciente irá sucumbir à depressão e ansiedade comumente a ele relacionadas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível