×
Loading ...

Como descompactar um arquivo com o WinSCP

Atualizado em 17 abril, 2017

O WinSCP é um cliente gratuito de SFTP, SCP, FTPS e FTP para os sistemas operacionais Microsoft Windows. Ele pode ser usado como um programa autônomo ou como extensão de programas de gerenciamento de arquivos. Embora o principal propósito seja a transferência de arquivos de uma máquina para outra, o cliente também contém algumas funções de programação e gerenciamento de arquivos. Uma dessas funções pode ser acessada por meio de um "comando personalizado", que utiliza sua interface de linha de comando.

Instruções

O WinSCP é um programa gratuito que pode ser usado para o gerenciamento de arquivos (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Inicie o WinSCP e acesse a conta de FTP que utiliza para obter o arquivo. Se ele já estiver em sua máquina, não é necessário fazê-lo.

    Loading...
  2. Navegue até a localização do arquivo. Se ele já estiver em seu computador, faça-o pela janela da esquerda. Se ele estiver em um servidor, use a janela da direita.

  3. Pressione o botão direito do mouse no arquivo e clique em "Custom Commands" (Comandos personalizados). Uma janela aparecerá, com algumas opções para serem configuradas. Se desejar descompactar o arquivo em seu diretório atual, digite o seguinte no campo de texto "Custom command" (Comando personalizado).

    unzip -o meu_arquivo.zip “!”

    Para descompactar o arquivo em um diretório alternativo, use o seguinte comando:

    unzip -o meu_arquivo.zip -d endereço/do/arquivo

    Se o arquivo que deseja descompactar estiver em um servidor remoto, clique no botão "Remote command" (Comando remoto), abaixo do campo de texto "Custom command"( Comando personalizado). Se o arquivo estiver na máquina local, clique no botão "Local command” (Comando local).

  4. Clique em "Ok" para executar o comando.

Loading...

Dicas

  • Se desejar copiar os resultados da descompactação para a área de transferência, para colar em alguma outra pasta, marque a caixa “Copy results to clipboard” (Copiar resultados para a área de transferência).
  • Marcar a caixa “Show results in terminal” (Mostrar resultados no terminal) pode ajudar no processo de resolução de problemas, caso o comando não funcione corretamente na primeira vez.
  • Se essa operação for realizada frequentemente, é possível criar um atalho no menu “Keyboard shortcut” (Atalho de teclado). No futuro, simplesmente execute seu atalho ao invés de usar a caixa de diálogo “Custom commands” (Comandos personalizados).

Referências

Loading ...
Loading ...