Como descrever níveis de proficiência em currículos

Escrito por laura catella | Traduzido por vanessa arnaud
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como descrever níveis de proficiência em currículos
Descreva seus níveis de proficiência adequadamente em seu currículo (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Um bom currículo deve demonstrar suas habilidades e talentos a um potencial empregador. Seu trabalho, educação e experiência profissional devem chamar a atenção dele. Explicar adequadamente seus níveis de proficiência em línguas estrangeiras, programas de computador e outras áreas podem ajudá-lo a se destacar entre os outros e ser chamado para uma entrevista.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Crie uma seção "Habilidades" em seu currículo. Esta seção normalmente aparece no final do currículo, após as informações educacionais. Se você pretende citar habilidades em diferentes áreas, como línguas e computação, divida-as em duas seções: "Habilidades em línguas estrangeiras" e "Habilidades em computação".

  2. 2

    Escreva "Proficiente em:" e liste as línguas ou softwares que domina. Se você consegue falar um idioma fluentemente, mas apresenta desempenho intermediário na escrita, escreva entre parenteses após listar o idioma em questão.

  3. 3

    Inclua apenas áreas nas quais você realmente é fluente ou proficiente. Não inclua em um currículo algo sobre o que você não vá se sentir confortável para falar durante uma entrevista.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível