Descrição da jornada de trabalho de um eletricista

Escrito por jack burton | Traduzido por tamara loebe
Descrição da jornada de trabalho de um eletricista
Quando você vê um alicate, já sabe que um eletricista está por perto (electrician pliers image by freshpix from Fotolia.com)

Ser um eletricista não é para os fracos de coração ou de corpo. Este trabalho exigente está entre os mais perigosos. Eles trabalham com geradores de energia elétrica, redes e linhas que têm energia suficiente para iluminar uma cidade. No entanto, não é só a vida do eletricista que está em jogo. Um simples erro na instalação da rede elétrica de um arranha-céu, por exemplo, pode colocar milhares de vidas em risco.

Treinamento

O treinamento é rigoroso e exige uma combinação de inteligência, habilidade atlética e disposição para assumir um trabalho cheio de riscos.

O treinamento é oferecido através de escolas públicas ou privadas e cursos técnicos, que podem ser iniciados por jovens a partir de 16 anos.

Todo eletricista deve ter o certificado NR10 para poder trabalhar. Este certificado diz que só podem exercer atividades com eletricidade os trabalhadores qualificados ou capacitados e os profissionais habilitados, após um treinamento obrigatório e com anuência formal da empresa. Esta norma tem por objetivo garantir a segurança e a saúde dos trabalhadores que interagem com instalações e serviços em eletricidade.

Tarefas e ferramentas

Um eletricista trabalha com a eletricidade em todas as suas fases. Eles solucionam problemas, fazem manutenção e reparação da distribuição aérea e de linhas de transmissão; cortam e mantêm arames; instalam e mantêm isoladores, transformadores, caixas de derivação e tomadas, além de supervisionar aprendizes. Eles instalam e mantêm qualquer equipamento que utilize energia elétrica, como luzes, sistemas de aquecimento, de ar e geradores.

Para executar corretamente a canalização dos edifícios, um eletricista também deve saber carpintaria, encanamento e colocar concreto. Eles devem estar intimamente familiarizados com os códigos de construção nacionais, estaduais e locais.

Eles trabalham com um alicate, chaves de fenda, martelos, furadores, dobradores de tubos e muitas outras ferramentas. O eletricista deve ser proficiente em leitura e interpretação de esquemas, mapas e diagramas.

Condições de Trabalho

Um eletricista está constantemente em movimento, carregando ferramentas e suprimentos para onde há trabalho. Ele pode estar pendurado em um guindaste há dezenas de metros do chão, no meio de uma tempestade ou no meio de um novo edifício em construção, com poeira e detritos em todos os lugares e ao som de centenas de motores. Em todos os lugares que houver uma tomada elétrica ou fio, um eletricista já esteve presente para instalá-lo.

Eletricistas que trabalham em fábricas, muitas vezes têm condições de trabalho muito mais seguras do que os autônomos.

Salários e benefícios

Em início de carreira, o eletricista montador recebe em torno de R$1.300 e o mais experiente, R$3.800, sem contar benefícios, horas extras e outros adicionais.

Previsão

O mercado de trabalho para eletricistas está em alta, principalmente na construção civil e na indústria. Apesar disso, ainda falta qualificação para o preenchimento das vagas.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível