Mais
×

Descubra as belezas do sul de Minas Gerais

mariusz_prusaczyk/iStock/Getty Images

Introdução

Minas Gerais é um estado que encanta por sua natureza e culinária. O sul do Estado é recheado de pequenas cidades charmosas, de povo receptivo e simpático. A natureza é exuberante, com muito verde, cadeias montanhosas, cachoeiras e rios. A culinária é um dos maiores trunfos -- quem nunca se esbaldou com a cozinha mineira? Seus torresmos, tutus e o doce de leite para arrematar? Quer um pouco de tudo isso? Aproveite o inverno (ou o verão) e curta o Sul de Minas Gerais.

Photodisc/Photodisc/Getty Images

Gonçalves

Uma das cidades encrustradas na Serra da Mantiqueira, Gonçalves desfruta das vantagens de se estar na serra, como o clima friozinho, as abundantes cachoeiras, a paz reinante. O centro de Gonçalves é pequeno, com poucas lojas -- porém charmosas -- de doces e souvenirs, além de alguns restaurantes. O ponto forte da cidade são os hotéis que congregam serviços e mordomias, como spas e terapias holísticas. Na cidade, aproveite a estadia para fazer trilhas e visitar as cachoeiras, como as do Cruzeiro e do Simão. Há atrações ainda como a Feira de Orgânicos e o Desfile de Carros de Bois.

Mike Powell/Photodisc/Getty Images

Monte Verde

O festival de inverno que mais atrai público é o de Campos do Jordão, cidade do interior de São Paulo. Mas uma grande concorrente é Monte Verde, distrito localizado na cidade mineira de Camanducaia. O distrito conta com atrações naturais como uma grande cadeia montanhosa e pedras de onde se pode avistar até mesmo cidades do Vale do Paraíba, como São José dos Campos. Mas Monte Verde também é charmosa pelos seus restaurantes românticos. A noite na rua principal é movimentada. E o foundue é um dos pratos mais procurados, juntamente com a truta, peixe típico de regiões frias.

Jupiterimages/BananaStock/Getty Images

Pocinhos do Rio Verde

Cidade menos conhecida do sul de Minas Gerais, mas igualmente convidativa e cheia de atrações, é Pocinhos do Rio Verde. Entre montanhas e cachoeiras espalhadas por seu território, Pocinhos ainda tem um diferencial: seu balneário. No parque do Balneário Dr. Reynaldo de Oliveira Pimenta, o passeio é agradável, entre árvores, riachos e flores. Mas os banhos são a parte mais atraente do passeio. A água sulfurosa dos banhos de imersão tem poder tonificador e purificador. Próximo ao parque balneário, também há locais para aluguel de cavalos e charretes. Entre as cachoeiras, se destacam a dos Duendes e a da Saudade.

Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

Serra da Mantiqueira

Toda a Serra da Mantiqueira é um atrativo em si. As cadeias montanhosas chamam a atenção, garantem tranquilidade ao viajante e perpassam algumas cidades. Parte delas está em São Paulo -- como Cunha, Campos do Jordão e São Bento do Sapucaí. Outra parte fica em Minas, como os municípios de Gonçalves e Camanducaia, com seu distrito de Monte Verde. Vale a pena investir em um roteiro de carro pelas principais cidades da Mantiqueira. De preferência, com tempo para aproveitar um pouco cada uma das cidades. Diversão, boa gastronomia e paisagens estonteantes estão garantidas.

Ian Trower / Getty Images

Poços de Caldas

A cidade de Poços de Caldas tem um ar interiorano, mas conta com 150 mil habitantes e grande infraestrutura hoteleira e gastronômica. Entre as atrações do município, está a Cachoeira Véu da Noiva. Poços de Caldas também possui uma usina hidrelétrica, a Empresa Força e Luz, que é uma atração turística, pois tem vários mirantes para admirar suas quedas d´água. A praça central de Poços tem um coreto que abriga a apresentação de uma banda nos finais de semana. E o mais bacana é que, ao redor do coreto, ficam casais -- especialmente da 3ª Idade -- dançando e rodopiando. A praça também recebe uma feira de artesanato com ofertas de muitos produtos, entre acessórios, roupas e enfeites para casa, além de muitos pratos típicos mineiros. Abuse do doce de leite.

Pixland/Pixland/Getty Images

São Lourenço

Mais uma estância hidromineral, cujas águas têm poderes revigorantes de cura. Além destes atributos, São Lourenço também é cheia de verde e agradável para um passeio em família. A principal atração é o próprio parque, com fontes e o balneário onde os visitantes podem desfrutar de suas águas medicinais. O centro também conta com um lago com barcos e pedalinhos. Os passeios para famílias não param por aí. Quem visita São Lourenço, antes ou depois de um banho relaxante, pode passear de charrete e teleférico. Outro meio de transporte presente em São Lourenço e que chama a atenção especialmente da crianças é o trem Maria-Fumaça que leva os visitantes por um passeio até Soledade.

Jupiterimages/BananaStock/Getty Images

Caxambu

Quem visita o sul de Minas aproveita a boa comida, a simpatia dos mineiros e a farta oferta de guloseimas, como queijo, goiabada e doce de leite. Mas nas cidades desta região mineira, os visitantes também podem curtir os poderes relaxantes e medicinais das águas. Em Caxambu, elas são carbogasosas, vindas de 12 fontes. No local, as águas são conhecidas por serem diuréticas e desintoxicantes. Quem busca a cura em Caxambu deve visitar o parque das águas Doutor Lisandro Carneiro Guimarães. Além dos banhos de imersão, de espuma e a sauna, o parque também é rico em belezas naturais, como o restante do município. Caxambu também é conhecida por seu artesanato rico. Entre os principais produtos, estão tapetes, colchas e artigos em bambu.

Photos.com/Photos.com/Getty Images

Caminhos Sul de Minas

Em razão de todas as cidades da região sul serem atraentes aos turistas, o próprio governo estadual de Minas Gerais montou um circuito que abrange diversos municípios -- o Circuito Turístico Caminhos do Sul de Minas. A organização tem o objetivo de profissionalizar os moradores e trabalhadores dos locais para garantir um melhor atendimento ao visitante. As cidades têm feito um inventário turístico, elencando todas as atrações de que dispõem. Fazem parte do circuito: Cristina, Conceição das Pedras, Itajubá, Pedralva, Mermelópolis, Delfim Moreira, Piranguinho, Piranguçu, Santa Rita do Sapucaí e Wenceslau Braz. Todas têm afinidades culturais e geográficas, guardando serras, montanhas, cachoeiras e igrejas. Tudo isso sem contar o folclore, festas e gastronomia regionais.

Thomas Northcut/Digital Vision/Getty Images

Itajubá

O município, famoso por suas paisagens naturais, também tem amplo parque industrial, que recebe trabalhadores de todo o País, o que movimenta seus setores hoteleiro e gastronômico. Também é uma cidade com universidades, o que atrai estudantes de outras localidades e lhe garante um ar cosmopolita. Mas quem busca o contato com a natureza e os esportes radicais como escalada, mountain bike e trekking também encontra em Itajubá o ambiente propício para as férias. Outra atração da cidade é o Santuário de Nossa Senhora da Agonia, o único localizado no País e que atrai devotos de todo o Estado.

John Foxx/Stockbyte/Getty Images

Santa Rita do Sapucaí

Santa Rita, a exemplo de Itajubá, também tem no turismo de negócios uma de suas vocações. Mas a cidade guarda ainda belezas naturais que impressionam o visitante e que também convidam o interessado em esportes radicais. Entre suas atrações, por exemplo, está a Serra do Paredão, que atrai quem quer uma paisagem bonita e busca algo mais emocionante, como um voo livre. O turismo religioso também está presente em Itajubá que, no mês de maio, realiza a Festa de Santa Rita de Cássia. O Carnaval é outra celebração que atrai turistas ao município mineiro.