×
Loading ...

Como desenvolver o pé fraco no futebol

Atualizado em 10 agosto, 2017

Assim como as pessoas possuem mãos dominantes, elas podem ter também pés dominantes. No futebol, muitos jogadores tendem a confiar mais no pé bom para tarefas que requerem precisão e potência. Embora seja perfeitamente natural, isso significa perder oportunidades de chutar ou tocar com o pé fraco. Com prática, no entanto, é possível melhorar o desempenho desse pé.

A maioria dos jogadores usa o pé dominante para chutar (Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images)

Observação do pé fraco

Muitos jogadores não percebem que a forma como tocam a bola com o pé fraco, mesmo em ações de rotina como o drible, é diferente da forma como tocam com o pé bom. Observar esse detalhe durante exercícios de controle de bola ou drible pode ajudar a diminuir a diferença entre os dois. Tente imitar o movimento do pé bom, usando o pé fraco e observe como isso muda o desempenho. Nem sempre é fácil controlar o pé enquanto dribla, gravar os movimentos pode ajudar.

Loading...

Exercício de chute

Um simples exercício pode melhorar o chute com qualquer pé. Um pequeno grupo de jogadores ou técnicos é necessário. Um jogador começa correndo e recebendo um passe do jogador à direita do gol e chutando com o pé esquerdo. Sem esperar, ele continua correndo para a esquerda para receber os passes dos outros jogadores. O exercício deve ser feito ao contrário se o jogador for canhoto.

Outros exercícios

Chutar não é a única habilidade que precisa ser desenvolvida com ambos os pés. Tocar, dominar e até mesmo driblar podem ser beneficiados com ênfases extras no pé fraco. Pratique exercícios simples como fazer embaixadinhas, usando o pé fraco ou jogar a bola na parede e depois tentar dominá-la. Muitos jogadores fazem esses exercícios regularmente, a única diferença é que aqui eles estão sendo usados para desenvolver o pé fraco.

Paciência

A maioria das pessoas passam a vida usando mais o pé dominante, não apenas no futebol, mas no dia a dia. Como resultado, em geral, o pé e a perna fraca não serão tão fortes e coordenados quanto a perna e pé fortes. É importante não esperar resultados imediatos, pois levará tempo e prática para produzir habilidades fortes com o pé fraco. O pé dominante pode sempre ser mais forte, mas um pé fraco treinado ajudará a deixar qualquer jogador mais versátil.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...