Como desenvolver um plano de alocação de pessoal para uma empresa de serviços de saúde domiciliares

Escrito por ruth mayhew | Traduzido por luciana p. s. lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como desenvolver um plano de alocação de pessoal para uma empresa de serviços de saúde domiciliares
Desenvolver um plano eficiente de alocação de funcionários para sua agência de prestação de serviços de saúde domiciliares requer conhecimento das necessidades dos clientes, bem como da experiência, das habilidades e da disponibilidade do seu pessoal (time image by Marko Korac from Fotolia.com)

O principal objetivo de uma agência de serviços de saúde domiciliares é fornecer o mais alto nível de cuidados aos pacientes e clientes, ao mesmo tempo em que mantém cargas razoáveis de trabalho para os funcionários. A alocação de pessoal para o local de trabalho é um desafio para qualquer empresário ou encarregado de RH. Entretanto, com a devida atenção às necessidades do seu pessoal e com seus conhecimentos sobre capital humano, você pode garantir que seus clientes e pacientes recebam um nível ótimo de cuidado e atenção.

Nível de dificuldade:
Desafiante

Outras pessoas estão lendo

Instruções

    Recrutamento e seleção

  1. 1

    Reveja seu processo de recrutamento e seleção. Determine se você está atraindo candidatos qualificados, experientes e confiáveis. Entrevistas por telefone e presenciais esclarecem o nível de comprometimento do candidato e sua ética de trabalho, duas características essenciais para os prestadores de serviços de saúde. Verifique as referências de todos os candidatos selecionados, a fim de obter o máximo de informações possíveis sobre o histórico de trabalho, pontualidade e confiança. Esses são três dos traços mais importantes que os empregadores procuram em candidatos, principalmente na área da saúde, onde o cuidado ao paciente é prestado em um ambiente independente, domiciliar.

  2. 2

    Verifique sua base de clientes e determine as necessidades de cuidados do paciente, baseando-se em projeções mensais, cronogramas semanais e cuidados diários. Pergunte a seus clientes se estão cientes a respeito de quaisquer alterações previstas ou iminentes em suas necessidades. Estime o número total de horas necessárias para satisfazer essas necessidades para cada turno e os cuidados gerais do paciente para períodos mais longos, mensal ou trimestralmente.

  3. 3

    Prepare um diagrama com a disponibilidade atual dos funcionários e simule um cronograma baseado nos modelos atuais de alocação de pessoal. Considere imprevistos, como falta por motivo de doença, férias ou folga. Distribua os possíveis calendários para sua equipe de forma a determinar suas preferências. Considerar a escala preferida pelos funcionários contribui muito para a satisfação e o moral da equipe, pois passa a mensagem de que você está consciente do equilíbrio entre o trabalho e a vida do funcionário, e que deseja considerar esses fatores ao programar a escala da equipe em sua empresa.

  4. 4

    Consulte sua equipe de liderança ou departamento de RH sobre os prós e contras dos planos de alocação de pessoal controlados pela gerência em comparação com as propostas de turnos feitas pelos funcionários. A alocação de pessoal e a programação controlada pela gerência exigem atenção para com a logística e as necessidades do paciente. Ofertas de turnos podem funcionar bem, pois os funcionários geralmente têm uma noção do que é bom para eles e para seus colegas. Por outro lado, essa opção pode se transformar em um quebra-cabeças complicado se os funcionários passarem a disputar os turnos mais desejados sem se atentar para os cuidados exigidos pelo paciente.

Dicas & Advertências

  • Certifique-se de considerar quaisquer necessidades inesperadas que seus pacientes e clientes possam ter. Caso você conte com prestadores de serviços de saúde especializados em pacientes com doenças cardíacas, oncológicas e outras, leve essas necessidades em consideração ao desenvolver seu plano de alocação de funcionários e designar o serviço desse cuidador.
  • Pesquise as leis de trabalho para obter informações sobre horas de trabalho, intervalos e distinções entre as funções do supervisor e do pessoal, a fim de garantir a conformidade com as leis aplicáveis e as regulamentações de sua jurisdição. O Ministério do Trabalho oferece instruções bastante úteis para essa questão.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível