Mais
×

Desenvolvimento de bactéria em uma placa de Petri

Atualizado em 21 novembro, 2016

O crescimento bacteriano dentro de uma placa de Petri (ou placa de ágar) exige uma preparação diligente. Se você está desenvolvendo bactérias em sua sala de aula, uma placa de Petri contendo ágar (nutriente que fornece crescimento) e outros materiais devem ser fornecidos pelo seu docente. Encontrar um desenvolvimento bacteriano é fácil, pois você pode fazer uma raspagem do interior de suas bochechas. Como as bactérias reproduzem-se rapidamente, o crescimento desses organismos pode ser observado em alguns dias após a aplicação em sua placa de Petri.

Desenvolvimentos bacterianos devem estar contidos em uma placa de Petri (Petri Dish image by JJAVA from Fotolia.com)

Preparação

Antes de desenvolver as bactérias, é importante esterilizar o ambiente. Você deve lavar as mãos antes de manipular as bactérias ou pode contaminar o sua placa. Trabalhe em um espaço de trabalho limpo, o que significa remover todos os itens desnecessários da área. Se estiver trabalhando em uma sala de aula, você deve receber uma placa já preparada. Essa placa deve permanecer na geladeira do seu laboratório até que você esteja pronto para usá-la. Guarde a placa de cabeça para baixo antes de usar. Isso vai evitar a formação de condensação dentro da mesma. Assim que estiver pronto para começar a desenvolver suas bactérias, deixe a placa se ajustar à temperatura ambiente da sala.

Iniciando o desenvolvimento bacteriano

Pegue um cotonete e limpe cuidadosamente o interior de sua bochecha em um movimento circular. Abra cuidadosamente uma extremidade da sua placa de Petri sem tirar a tampa completamente. De acordo com o Bacterial Growth, se você abrir a sua placa completamente, pode contaminar sua tampa com bactérias de fontes externas. Peque o seu cotonete e contamine a placa de Petri. É muito importante esfregar delicadamente a placa. Pressionar muito forte sobre o ágar pode perfurá-lo.

Esfregue com um cotonete o interior de sua bochecha (q-tips image by Alx from Fotolia.com)

Ambiente de crescimento

Suas bactérias vão precisar de um local aquecido e tranquilo. Depois de ter contaminado sua placa de Petri, tampe-a. Pegue um pedaço de fita adesiva e sele a tampa sobre a placa. Etiquete sua placa e guarde-a de cabeça para baixo e longe da luz solar direta. Não guarde sua placa perto de nenhuma janela. De acordo com a Science Company, deixe suas bactérias se desenvolverem a 37º C.

Não coloque a placa de bactérias perto de janelas (window image by Gonçalo Carreira from Fotolia.com)

Tempo

Pode demorar alguns dias antes de você começar a ver sinais de crescimento bacteriano na sua placa de Petri. É importante que, durante o crescimento de suas bactérias, você nunca remova a tampa. O crescimento bacteriano pode ser identificado por várias especificações presentes no ágar e por um distinto e malcheiroso odor.

Você deverá ver sinais de colonização (Bacteria Colonies image by ggw from Fotolia.com)

Eliminação da batéria

Depois de ter concluído o desenvolvimento de bactérias em uma placa de Petri, você precisa descartá-la corretamente. O crescimento de bactérias em uma placa cria um maior número de bactérias, o que pode ser prejudicial. Isto significa que as bactérias dentro de sua placa de Petri devem ser destruídas. É preciso jogar um pouco de água sanitária em sua placa antes de eliminá-la. Certifique-se de usar óculos de proteção e luvas de látex para evitar qualquer respingo de água sanitária em seus olhos e em sua pele. Coloque a placa de Petri em um saco selado e descarte o saco na lixeira do seu laboratório.

Siga todos os procedimentos corretos antes de descartar sua placa (trash image by Orlando Florin Rosu from Fotolia.com)
bibliography-icon icon for annotation tool Cite this Article