O desenvolvimento ósseo do bebê

Escrito por christina mcdonald-legg | Traduzido por juliana s. zoccoli
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O desenvolvimento ósseo do bebê
Bebês nascem com aproximadamente 300 ossos no corpo (the newborn image by Sergey Galushko from Fotolia.com)

Os bebês começam a desenvolver seus 300 ossos durante o segundo trimestre, de acordo com "MayoClinic.com". Enquanto ele cresce no útero, os ossos mudam de cartilagem para osso e se fundem para formar um esqueleto parecido com o de um adulto. Manter o seu bebê saudável e promover uma boa saúde dos ossos assegurará um esqueleto forte por toda a vida.

Outras pessoas estão lendo

Ossos

Os ossos que formam o esqueleto do bebê estão em crescimento e em constante transformação, assim como todo seu corpo. O periósteo -- uma membrana fina e densa, feita de nervos e vasos sanguíneos, que nutre o osso -- abrange o exterior do mesmo. O osso compacto é a próxima camada. Essa parte lisa e rígida do osso é a que você vê quando observa um esqueleto. Abaixo do osso compacto existem as camadas de osso esponjoso. A parte interna é composta pela medula óssea, uma espécie de gelatina espessa que produz células sanguíneas. Enquanto seu bebê cresce dentro de você, os ossos começam a substituir a cartilagem em um processo chamado ossificação.

Período de tempo

Entre a 13 ª e 16 ª semana de gestação, seu bebê começará a desenvolver ossos para substituir a cartilagem. Pequenas costelas começam a aparecer ao redor do peito e seu esqueleto começa a tomar forma. Antes disso, os ossos do bebê eram cartilagem e tecido conjuntivo. Os ossos são visíveis nos ultrassons e permitem que os médicos determinem se existe alguma anormalidade.

Desenvolvimento do crânio

Enquanto o bebê está na barriga, seu crânio é mole e flexível, consistindo de cinco ossos maleáveis que se sobrepõem para passar pela pélvis durante o parto. Duas fontanelas, espaços abertos, se localizam no crânio do bebê. Essas "moleiras" permitem que os ossos do crânio se aproximem durante o processo do parto. Depois do nascimento, a cabeça do recém-nascido pode parecer assimétrica ou cônica por passar pelo canal do parto. Essa condição é temporária. À medida que o bebê cresce, geralmente entre seis e 18 meses, os ossos do crânio se juntam para cobrir as moleiras por inteiro.

Considerações

No nascimento, o corpo do seu bebê tem cerca de 300 ossos, de acordo com o "Kids Health". Alguns desses ossos são feitos, inteira ou parcialmente, por cartilagem flexível, o que permite que sejam menos propensos a quebras enquanto o bebê cresce e aprende a engatinhar, andar e correr. Conforme seu bebê cresce, seus ossos se fundirão para formar os 206 ossos que os adultos têm. Quando ele tiver 25 anos, o processo de desenvolvimento dos ossos estará completo, compondo um esqueleto leve e forte que mantém a estrutura do corpo.

Nutrição

Desenvolver bons hábitos alimentares enquanto jovem ajudará os bebês a terem ossos saudáveis e fortes por toda a vida. Cálcio e proteína são muito importantes durante o desenvolvimento dos ossos. Subnutrição, incluindo insuficiência de proteína ou cálcio, pode prejudicar o desenvolvimento dos ossos. Proteína insuficiente abaixa a produção e a ação de um fator de crescimento, o IGF-1, que reforça a formação dos ossos. Isso pode resultar em ganho insuficiente de massa óssea em bebês e crianças durante o crescimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível