Mais
×

Como desintoxicar seu organismo

Atualizado em 20 julho, 2017

Quando se fala em desintoxicação, logo vem à mente a imagem de modelos e celebridades. No entanto, desintoxicar o organismo é uma prática saudável que qualquer pessoa pode fazer, famosa ou não. Desintoxicar-se internamente não significa passar fome à custa de dietas mirabolantes, mas escutar o seu corpo e limpar o seu intestino dos resíduos acumulados durante anos. A limpeza do intestino, ou mais especificamente do cólon, pode melhorar a digestão, suavizar a pele, e até mesmo ajudar a perder peso.

Instruções

As frutas são importantes durante o processo de desintoxicação (Fruit salad in hollow watermelon and fruits image by Elzbieta Sekowska from Fotolia.com)
  1. Tome suplementos para se desintoxicar. Existem várias marcas no mercado. Escolha uma que seja rica em nutrientes e vitaminas para auxiliar o seu organismo durante o processo de limpeza. Tomar suplementos é uma boa maneira de começar uma limpeza interna, mas assegure-se de complementá-la com outros procedimentos, como alimentação saudável e exercícios físicos. As ervas contidas em uma suplementação não irão desintoxicá-lo completamente, mas ajudarão no processo de limpeza natural do organismo.

  2. Exercite-se, mas seja gentil com você mesmo. Por conta da alteração da sua dieta habitual com comidas mais pesadas, é melhor fazer caminhadas e alongamentos suaves do que exercícios extenuantes. A movimentação corporal ajudará na eliminação das toxinas em conjunto com as outras etapas do regime de limpeza.

  3. Beba muita água e coma alimentos saudáveis. Algumas pessoas acham que ficar com fome e beber somente sucos de fruta puros é o segredo para a desintoxicação do organismo. Outro acham que comer quatro ou cinco refeições pequenas e saudáveis ao dia é o certo. A coisa mais importante a fazer é escutar o seu corpo. É melhor evitar alimentos com altas quantidades de trigo, açúcar, cafeína, laticínios, glúten, álcool e conservantes. Prefira frutas frescas e verduras, arroz integral, chá de ervas, leite de arroz ou de soja, nozes, sementes, feijões, e outros grãos como milho e trigo-sarraceno.

  4. Se você estiver disposto a gastar um pouco de dinheiro, faça uma sessão de drenagem linfática. O investimento valerá a pena. A drenagem linfática ajuda a regular os linfonodos -- que alguns chamam de "sistema de canalização do organismo". Reestimular o sistema através de massagens auxilia a remover o excesso de fluidos, resíduos metabólicos, e toxinas; transporta nutrientes para as células e aumenta a eficiência metabólica, de acordo com o site balancetheclinic.com. A drenagem é especialmente efetiva quando em seguida é realizada uma irrigação do cólon.

  5. Passe pelo procedimento de irrigação do cólon. Mais uma vez é algo que pode ter um custo mais elevado, mas o investimento também valerá a pena. A ideia de ter tubos dentro do próprio corpo não é muito agradável para a maioria das pessoas; no entanto, se você deseja resultados a longo prazo, valerá muito a pena. Procure por clínicas com profissionais especializados que farão com que você sinta-se mais segura. O procedimento de irrigação do cólon é altamente recomendado após uma drenagem linfática. Comece com um pacote de três irrigações e faça a manutenção a cada um ou dois anos, dependendo do seu estilo de vida e hábitos dietéticos.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article