Mais
×

Como desmontar pistões e bielas

Atualizado em 17 março, 2017

A parte mais importante de um motor a combustão é o pistão, que se movimenta para cima e para baixo, em resposta à detonação do combustível. O pistão está conectado ao virabrequim por uma biela articulada dentro do próprio pistão. A biela converte o movimento ascendente e descendente em um movimento circular, para movimentar o virabrequim. Às vezes, é necessário desmontar o pistão e a biela, para manutenção ou atualização. Separar o pistão da biela requer paciência e treinamento em mecânica.

Instruções

Motores usam um pistão e uma biela para transferir potência à transmissão (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)
  1. Deslize as luvas protetoras de borracha sobre os parafusos da biela, para que não possam arranhar as laterais do cilindro quando o pistão for removido.

  2. Empurre a biela para fora do cilindro. Talvez precise de um tarugo de madeira e um martelo, se o pistão estiver difícil de movimentar.

  3. Examine a conexão entre a biela e o pistão. A biela é mantida dentro do pistão com um anel de pistão, que é um tubo redondo e oco interno, mais largo do que a biela e que contém um mancal que manipula a fricção proveniente da biela. A biela fica ao redor do tubo. O anel do pistão é mantido no lugar por retentores redondos, que podem ser removidos girando-os até a folga da extremidade ficar na área de abertura do pino.

  4. Gire os retentores até a folga da extremidade fique posicionada na área de recorte do pino.

  5. Deslize os retentores para fora.

  6. Remova o anel do pistão e a biela. Agora estão separados.

O que você precisa

  • Tarugo de madeira
  • Martelo
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article