Desvantagens da educação tradicional em sala de aula

Escrito por iam jaebi | Traduzido por henry alfred bugalho
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Desvantagens da educação tradicional em sala de aula
A educação tradicional não se concentra nos alunos (today image by alwayspp from Fotolia.com)

A educação construtivista é mais recomendada por reformadores educacionais do que a educação tradicional em sala de aula, por causa dos pontos fortes dos modelos inclusivos de aprendizado dos alunos. Os reformadores defendem um afastamento da instrução tradicional direta, centrada no professor (didática), na qual os alunos são receptores passivos de conhecimento, para uma educação mais centrada no aluno baseada na compreensão (construtivista), que se concentra na exploração e experimentação, e reforça habilidades de aprendizado para toda a vida. Em comparação, o aprendizado tradicional de sala de aula tem muitas desvantagens.

Outras pessoas estão lendo

Falta de aprendizado concentrado no aluno

Uma das desvantagens da educação tradicional é que ela põe muito valor em padrões, currículo e aprovação em testes, ao invés de um aprendizado concentrado no aluno. Este tipo de aprendizado valoriza o aluno e constrói um currículo em torno das questões para as quais os jovens exigem respostas para compreender o material. O aprendizado construtivista se constrói sobre o conhecimento que os alunos já possuem permitindo que eles formem associações concretas para a nova informação, o que melhora a retenção. O aprendizado tradicional é baseado na repetição e memorização de fatos que não importam aos alunos e que eles pouco se recordam após realizarem as provas.

Falta de ênfase no pensamento crítico

A educação tradicional em sala de aula não encoraja o pensamento crítico, a habilidade de aplicar ativamente a informação adquirida através de experiência e raciocínio. Ao invés disso, ela enfatiza o papel dos professores como fornecedores de conhecimento e dos alunos como receptores. Este estilo de aprendizado não permite aos alunos desenvolver níveis mais profundos de compreensão necessários para conceitos complexos e aprendizado para toda a vida.

Falta de processos orientados para o aprendizado

A educação tradicional enfatiza a aprovação em testes, se os alunos passaram ou não. O processo de aprendizado é assim desvalorizado e os alunos não são encorajados a compreender os métodos, técnicas e habilidades necessárias para encontrar as respostas. O aprendizado construtivista considera o processo como sendo tão importante quanto os resultados, porque isso estimula habilidades importantes que durarão até muito tempo depois da escola.

Falta de ênfase em conceitos ou estruturas maiores

Ao invés de se concentrar em conceitos maiores e considerar o contexto do aluno no aprendizado como na educação construtivista, a educação tradicional se concentra em habilidades básicas e gradualmente constrói um todo. Embora isso simplifique o aprendizado, fornece pouco contexto, o que pode alienar os educandos.

Falta de interatividade

A educação tradicional enfatiza o trabalho e projetos individuais do aluno e é uma fraca preparação para os empreendimentos futuros dele, que provavelmente incluirão trabalhar em equipes e colaborar com colegas. Sobre este modelo de treinamento, os alunos têm poucas oportunidades para praticarem dinâmicas de grupo e trabalho de equipe.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível