×
Loading ...

As desvantagens de um governo monárquico

Atualizado em 20 julho, 2017

Uma monarquia constitucional é aquela na qual um monarca atua como chefe de estado, mas o governo do país está ligado à uma constituição escrita ou não escrita. Portanto, as monarquias constitucionais possuem pouco ou nenhum poder real. Um governo monárquico é aquele no qual todo o poder está nas mãos de uma pessoa, que governa pelo direito hereditário em vez de qualquer forma de seleção.

A monarquia possui muitas desvantagens inerentes (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Disseminação do poder

Um monarca que governa com poder desejará dar esse poder a pessoas de sua confiança. Isso significa que será dado a pessoas ligadas por família ou por alguns meios de dependência. A capacidade de uma pessoa cumprir seus deveres será de importância secundária. Portanto, os escalões do governo serão ineficientes. O monarca pode também permitir que aqueles que recebem poder exerçam-no em proveito próprio. Assim, é mais provável que a corrupção ocorra.

Loading...

Um sistema de classes

Uma forma que o monarca mantém o seu poder é delineando riqueza e poder por meio de classes rígidas de pessoas. Em um sistema feudal, por exemplo, o monarca era o dono de todas as terras. Ele dava algumas para os barões que, em troca, pagavam impostos ou abasteciam os soldados. Os barões davam algumas terras para os cavaleiros, que pagavam impostos ou forneciam seus serviços como soldados. Os cavaleiros permitiam que os camponeses cultivassem a terra em troca de algum trabalho de graça para o cavaleiro. Esse tipo de sistema possibilitava que o monarca mantivesse o controle, mas havia pouca movimentação entre as classes.

Guerras

A eclosão de guerras poderia ser decidida pelo capricho dos monarcas. O fator decisivo não seria os delitos de um inimigo, mas dependia do caráter e personalidade do monarca. Se ele era um déspota bem-sucedido, poderia expandir seu território e dominar mais pessoas. Isso não apenas significava que as nações e os continentes poderiam ser invadidos por muitos anos, mas também que inúmeras pessoas eram mortas desnecessariamente.

Sem exclusividade

Como o país era governado por um monarca hereditário e as terras e o poder eram herdados e não adquiridos, o governo permaneceu nas mãos de pequenos números de famílias. Isso significava que a maioria das pessoas era excluída de qualquer noção de envolvimento no processo de decisão política. Não havia oportunidades para ganhar liberdades civis ou direitos individuais.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...