Desvantagens de ser um nutricionista

Escrito por natasha bush | Traduzido por kaike misuno
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Desvantagens de ser um nutricionista
As vantagens e desvantagens de ser nutricionista (Liquidlibrary/liquidlibrary/Getty Images)

Nutricionistas desfrutam de uma variedade de benefícios de trabalho, incluindo, em 2008, um salário médio de R$101.000 por ano, nos Estados Unidos (EUA); a capacidade de ascender ao cargo de diretor de departamento, tornar-se pesquisador ou ser um profissional autônomo; e ter uma semana de trabalho de 40 horas que exclui fins de semana. No entanto, existem também várias desvantagens para quem trabalha neste campo. Tenha em mente as vantagens e desvantagens desta carreira quando for decidir que profissão gostaria de seguir.

Outras pessoas estão lendo

Ambiente de trabalho

Nutricionistas muitas vezes trabalham em cozinhas quentes e desconfortáveis. Eles podem estar expostos a bactérias relacionadas com os alimentos ou sujeitos a condições insalubres. Parte da responsabilidade do nutricionista é corrigir essas condições, se ocorrerem. Esta carreira geralmente envolve passar longos períodos em pé. Nutricionistas também podem trabalhar em ambientes onde o equipamento e as ferramentas necessárias para executar suas funções não estejam disponíveis.

Crescimento na área e terceirização

Números do Bureau of Labor Statistics dos EUA apontam que os empregos para nutricionista crescerão mais rápido do que a média das outras ocupações até 2018. No entanto, esse crescimento diminuirá quando os empregadores, em grande parte, os hospitais, optarem por terceirizar o serviço dos nutricionistas. As oportunidades de trabalho em ambientes médicos também podem diminuir devido a uma falta de cobertura do serviço por planos de saúde e companhias de seguro.

Mercado competitivo

Oportunidades de trabalho para nutricionista são extremamente disputadas na maioria das áreas. Nutricionistas podem enfrentar ainda mais concorrência quando outros profissionais, incluindo médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e até "chefs" passarem a assumir um papel de maior destaque na nutrição de pacientes e clientes. Perspectivas de trabalho serão melhores para aqueles candidatos cujas qualificações forem além dos requisitos mínimos da graduação e tiverem experiência na área.

Requisitos

No Brasil, para tornar-se nutricionista é necessário obter um diploma em nutrição. O curso é bastante rigoroso e inclui temas como microbiologia, estatística, psicologia e biologia. Para manter-se competitivo na área, o nutricionista deve ter uma pós-graduação ou buscar formação adicional no campo de atuação.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível