on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Como detectar uma infecção por parvovírus em cachorros

Atualizado em 21 novembro, 2016

O parvo (ou, mais precisamente, "parvovírus" ou "parvovírus canino") é uma doença que pode ser fatal para cães. Ela é extremamente contagiosa, passando de um cachorro para outro facilmente. O vírus é encontrado normalmente no chão onde animais infectados tenham defecado. Ele pode sobreviver nesse tipo de ambiente por longos períodos de tempo e espalhar-se conforme entra em contato com sapato de uma pessoa ou pata de um animal.

O parvovírus é uma doença grave nos cães (dog image by Michal Tudek from Fotolia.com)

Sintomas

Vômito e diarreia são dois sintomas comuns de uma infecção por parvovírus. Na maioria dos casos, ela é severa, mas pode ser mais leve em alguns cães. Além disso, os cachorros infectados normalmente têm febre e propensão a ficarem letárgicos, apresentando também nódulos linfáticos inchados. Tais sintomas são o suficiente para justificar um exame, mas não para diagnosticar a infecção, pois há outras doenças caninas que produzem os mesmo sintomas.

Loading...
Letargia é um dos sintomas do parvovírus canino (dog image by Trav from Fotolia.com)

Exame de sangue

Veterinários podem fazer exames de sangue para confirmar a presença do parvovírus canino. Mais especificamente, um hemograma completo é o procedimento correto. Os cães com a doença possuem quantidades muito baixas de glóbulos brancos. Contudo, esse resultado não confirmará conclusivamente a presença do parvovírus. Existem outros problemas que podem ocasionar um redução no número de glóbulos brancos, mas qualquer um deles exige também um tratamento médico intensivo. Se o resultado apresentar um valor normal de glóbulos brancos, a infecção por parvovírus pode ser descartada.

Fazer um exame de sangue é uma ótima ideia para um cão com sintomas de infecção por parvovírus (blood sample image by Glenn Jenkinson from Fotolia.com)

Exame de fezes

O próximo passo para confirmar o parvovírus é fazer um exame das fazes do animal. De maneira geral, as fezes terão um odor extremamente forte, o que é outro sinal de aviso. Os resultados de exames de sangue podem ser enganosos, portante eles sempre são os últimos - se o exame não for feito de maneira correta, poderá apresentar um falso negativo. Além disso, cachorros que tenham sido vacinados recentemente contra parvovírus podem exibir um resultado falso positivo.

Tratamento

Não existe cura para o parvovírus, e alguns cães precisam sofrer eutanásias após serem infectados. No entanto, muitos cachorros recuperam-se da doença. Os principais obstáculos para a recuperação são a desidratação e infecções secundárias. A maioria dos cães precisará ser hospitalizada por pelo menos alguns dias e tratada com antibióticos para dar tempo ao seu sistema imunológico para que ele possa lutar contra a doença. Mesmo após uma recuperação completa, esses cães devem ser mantidos isolados de outros animais por pelo menos dois meses.

Prevenção

A melhor maneira de manter seu cão protegido contra o parvovírus é vacinando-o contra a doença. Desinfete qualquer brinquedo ou outros itens que entrem em contato com um cachorro infectado para impedir que o vírus se espalhe. Mesmo um cão que tenha se recuperado do parvovírus pode ser reinfectado, portanto siga o mesmo procedimento antes de levar o cão para casa. Embora existam produtos específicos voltados para a desinfecção de área afetadas pelo parvovírus, uma solução de água sanitária e água comum também pode ser utilizada.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...