Como detectar rubis falsificados

Escrito por kimberly turtenwald | Traduzido por wladimir d. uszacki
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como detectar rubis falsificados
Ser capaz de distinguir entre um rubi verdadeiro e um falso poderá evitar que você seja enganado (ruby romance image by Jake Hellbach from Fotolia.com)

Muitas pessoas adoram joias e, às vezes, não se fartam delas. Os revendedores conhecem esse desejo por jóias, usando, por vezes, isso a fim de tirar vantagem injustamente. As joias verdadeiras podem ser extremamente caras, fazendo com que a pessoa comum seja menos capaz de comprar uma pedra maior, ou mesmo qualquer pedra. Por isso, a imitação, ou bijus, foram criados. Isto, por si só, não é um problema. O problema surge quando um joalheiro tenta passar uma joia falsa como verdadeira. Saber como identificar um falso rubi pode ajudar a manter seguros você e seu investimento.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Verifique a dureza do rubi. Granadas, turmalina e vidro vermelho são muitas vezes confundidos com rubis. No entanto, a dureza destes é significativamente menor que a dureza de um rubi verdadeiro. Eles também são menos densos. Verificar se há arranhões na pedra dirá se ela é realmente bastante dura e densa o suficiente para ser um rubi verdadeiro.

  2. 2

    Examine a clareza da pedra. Rubis reais têm uma clareza consistente. O vidro tende a ficar opaco. Se a pedra não tem a mesma clareza em toda parte, talvez não seja um rubi. No entanto, é sempre melhor levá-la a um joalheiro profissional para determinar se é realmente um rubi caso a clareza não seja consistente.

  3. 3

    Atenção aos preços. Muitas pessoas procuram o melhor negócio que puderem encontrar quando se trata de joias. No entanto, a joia no "desconto" raramente existe. As gemas tendem a manter o seu valor. Elas podem variar de preço até um certo grau, mas raramente, ou nunca, perdem completamente o valor. O melhor é seguir o velho ditado: "Se parece bom demais para ser verdade, provavelmente não é".

  4. 4

    Determine o corte em relação ao tamanho. A maioria dos rubis que têm mais de meio quilate são cortados de forma mais complexa, tal como uma almofada ou em forma de pera, em vez de uma forma redonda simples. Portanto, se você encontrar um grande rubi em uma forma mais simples, há grande probabilidade de ser um rubi falso.

  5. 5

    Preste atenção às palavras-chave que são adicionadas ao termo "rubi". Muitos joalheiros colocam uma localização ou outra palavra descritiva depois de rubi. Isso geralmente é um bom indicador de que não é real. Você pode até achar joalheiros usando as palavras "sintéticos" ou "cultivados". Estas são apenas formas elegantes de dizer rubi "artificial". Estes rubis são estruturalmente mais semelhantes a rubis naturais, uma vez que são criados da mesma maneira, mas criados em laboratório por seres humanos, e não pela natureza.

Dicas & Advertências

  • Sempre verifique com um joalheiro de sua confiança para garantir se está lidando com um rubi real ou falso.
  • Desconfie de pedras colocadas em um objeto fechado, onde você não consegue ver seu fundo. Os joalheiros costumam usar essas configurações como uma maneira de esconder pinturas no fundo para criar uma aparência mais "real".

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível