O que determina o QI?

Escrito por kevin belhumeur | Traduzido por daniela miyano
O que determina o QI?
O teste de QI foi inicialmente desenvolvido em 1904 pelo psicólogo francês Alfred Binet (Solovyova/iStock/Getty Images)

O teste de quociente de inteligência (QI) foi concebido no início do século 20 para classificar a inteligência das crianças. O teste foi comissionado pelo governo francês como uma maneira de diferenciar as crianças com intelecto normal daquelas que eram intelectualmente inferiores. Os testes modernos não são mais concebidos para crianças, e sim para adultos. A pontuação de uma pessoa no teste determina seu QI.

Resultados objetivos

O teste de QI é feito com um objetivo em mente: determinar o potencial mental real de uma pessoa, independentemente da cultura. Uma vez que a pessoa tenha feito o teste, os resultados são comparados com os resultados de outras pessoas. Dessa forma, a comparação pode ser feita para determinar o quão inteligente cada pessoa que fez o teste é quando comparada a outras pessoas que fizeram exatamente o mesmo teste. Os resultados de QI são objetivos e não estão sujeitos nem são influenciados pelos sentimentos, interpretações ou preconceitos das pessoas.

Desvio padrão

É útil entender o desvio padrão quando estiver avaliando os resultados do teste de QI. Em uma distribuição normal dos resultados do teste (dados), a maioria das pessoas tipicamente fica no meio, próximo ao normal. Em um gráfico, isso é representado como uma curva de distribuição normal, no qual apenas alguns dados (pontuações do teste) ficam abaixo do normal e apenas alguns ficam acima. A maioria está concentrada no meio. O desvio padrão é uma maneira de determinar o quão próximos esses dados estão agrupados perto do dado significativo (o normal). Os resultados de teste de QI indicam que 68% de todas as pessoas que o fazem ficam em um desvio padrão do resultado significativo em qualquer direção, e 95% fica entre dois desvios padrões do resultado significativo.

Intervalos de inteligência

Os resultados dos testes de QI são numéricos. Por isso, são categorizados por intervalos ou alcances de inteligência. O menor intervalo de inteligência está entre as pontuações 40 a 54. Esse grupo de pessoas tem a designação cognitiva de "severamente desafiado". Menos de 1% das pessoas que fazem o teste ficam nesse intervalo. O próximo intervalo é entre 55 a 69, grupo que tem a designação cognitiva de "desafiados". Menos de 3% das pessoas que fazem o teste se enquadram nesse intervalo. O intervalo de 70 a 84 tem a designação cognitiva de "abaixo da média". O intervalo de 85 a 114 engloba 68% de todas as pessoas que fazem o teste e tem a designação cognitiva de "mediano". O intervalo de 115 a 129 tem a designação cognitiva de "acima da média". O intervalo de 130 a 144 engloba 2,3% das pessoas que fazem o teste e tem a designação cognitiva de "superdotado". O intervalo de 145 a 159 engloba menos de 1% das pessoas que fazem o teste e é considerado "gênio". O intervalo mais alto de inteligência é de 160 a 175, e tem a designação cognitiva de "gênio extraordinário".

Definindo inteligência

Embora os resultados do teste de QI oponham a pontuação de uma pessoa objetivamente contra a de outra, eles não determinam necessariamente quem tem mais capacidade mental. Eles simplesmente mostram quem se saiu melhor no teste de quociente de inteligência. Como não existe uma definição universalmente aceita de inteligência, não podemos deduzir muito dos testes de QI. Alguns estudiosos argumentam que não há como existir uma definição universalmente aceita, porque culturas valorizam diferentes habilidades mentais. Por exemplo, na América do Norte, a inteligência está frequentemente associada com matemática, ciências e habilidades verbais. Por outro lado, nas culturas além-mar do Pacífico Sul, a memória espacial e as habilidades de navegação são indicadores de inteligência.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível