Como determinar quantos elétrons de valência tem um átomo

Escrito por david chandler | Traduzido por vanessa santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como determinar quantos elétrons de valência tem um átomo
A tabela periódica é útil para a determinação dos elétrons de valência para a maioria dos elementos (Hemera Technologies/PhotoObjects.net/Getty Images)

Os elétrons de valência são os elétrons da camada mais externa que um átomo pode preencher. Eles são significativos, já que geralmente estão envolvidos nas reações químicas. A tabela periódica de elementos é uma referência prática para determinar rapidamente o número de elétrons de valência em um átomo. No entanto, deve-se notar que muitos elementos, a maioria sendo os metais de transição e até alguns não-metais, podem ter vários estados de valência, dependendo do composto específico.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Tabela periódica de elementos

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Encontre o elemento na tabela periódica. Eles são localizados na tabela pelo número atômico da esquerda para a direita, de cima para baixo. A disposição dos elementos em linhas corresponde às propriedades compartilhadas entre eles em uma determinada coluna, significativamente governada por similaridades no arranjo desses elétrons.

  2. 2

    Identifique a coluna em que o elemento está localizado. Cada coluna é nomeada com um número próximo ao seu topo. O sistema de numeração aceito atualmente pela IUPAC é sequencialmente numerado de 1 a 8. Previamente, a IUPAC nomeava as colunas 1A, 2A, 3A, e assim por diante. Enquanto as novas tabelas periódicas devem ser readaptadas ao novo sistema, as antigas podem empregar a nomenclatura anterior.

  3. 3

    Conte o número de colunas da esquerda para a direita, ignorando os metais de transição e a última coluna da direita. Escreva-o como o número de elétrons de valência. Por exemplo, usando o sistema de numeração anterior, basta escrever o numeral romano na coluna nomeada como número de elétrons de valência, para elementos nos grupos IA, IIA, IIIA, IVA, VA, VIA e VIIA.

  4. 4

    Escreva zero para o número de elétrons de valência para os elementos do grupo 18 (antes chamado grupo VIIIA). Esses elementos apresentam a camada de elétrons mais externa preenchida, e geralmente não estão envolvidos nas reações químicas.

  5. 5

    Escreva a palavra "varia" para os elementos localizados no bloco de metais de transição da tabela periódica, já que o arranjo de elétrons nesses elementos permite que aqueles que estão em uma camada mais interna participe das reações químicas. Isso faz com que eles aparentem ter uma valência que muda nas diferentes reações. O ferro, por exemplo, reage algumas vezes usando dois elétrons, e outras três, dando-lhe uma valência aparente de dois ou três.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível