×
Loading ...

10 dicas para fazer seu dinheiro render

Getty Images

Introdução

A vida não está fácil pra ninguém. Se você faz parte do (grande) grupo de brasileiros que precisa urgentemente fazer o dinheiro render, a boa notícia é que há saída. Algumas medidas simples podem fazer seu dinheiro se multiplicar. Ou ao menos não sair do seu bolso na velocidade da luz. Tranquilidade e planejamento são fundamentais para lidar com orçamento. Confira algumas dicas básicas para usar seu dinheiro de forma mais inteligente e consciente.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Faça anotações

Ter o hábito de colocar todos seus gastos no papel é uma medida importante para economizar. Com o controle das finanças, você poderá identificar problemas no déficit entre suas receitas e despesas. Uma dica: liste os itens de despesa fixa, como a mensalidade da faculdade e o aluguel, separado dos gastos variáveis (supermercado, lazer, roupas). Isso vai lhe ajudar na hora de cortar gastos. O importante é encontrar um critério de anotações que mais combine com você.

Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images

Economize aos poucos

O hábito de economizar não surge da noite para o dia, mas vai sendo consolidado lentamente. Pequenos gastos com o lanche da tarde e cafezinhos esporádicos, por exemplo, podem significar um grande problema no orçamento do fim do mês. A dica aqui é economizar nessas despesas pequenas antes que elas carreguem seu dinheiro sem que você perceba.

Comstock/Comstock/Getty Images

Faça pesquisa

Esta é uma regra básica que muitos ignoram na hora da compra. Antes de qualquer gasto, faça uma pesquisa de preços. Uma busca cuidadosa vai lhe oferecer alternativas que podem fazer grande diferença no seu orçamento. A boa notícia é que, hoje em dia, há sites que fazem uma pesquisa dos melhores preços no mercado. Vale a pena.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Pague à vista

Na hora de comprar, há duas coisas que você não deve esquecer nunca: pedir desconto e pagar à vista. Em muitos casos, o pagamento à vista já vem acompanhado de um desconto. É bom para você e para o comerciante. A grande vantagem em pagar tudo na hora é ter mais controle sobre os gastos. Com certeza você terá menos sustos no final do mês.

Creatas Images/Creatas/Getty Images

Não conte com ganhos futuros

Muita gente se endivida quando começa a contar com a “galinha dos ovos de ouro”. A lição é antiga: nunca conte com o que você ainda não ganhou. Contar com o futuro, comprometendo valores que você ainda nem recebeu, é uma furada na certa. Décimo terceiro, bônus de fim de ano ou dinheiro de férias devem ser colocados no orçamento apenas quando virarem realidade.

Jupiterimages/liquidlibrary/Getty Images

Cuidado com os juros

Na hora de pagar as contas, tenha o maior cuidado com os juros. Priorizar o pagamento das despesas que cobram os juros mais altos é uma opção. Outra regra é fugir do cheque especial. Esse crédito automático tem uma taxa de juros altíssima, média de 169,5% ao ano. Juros altos também são vistos nas ofertas de crédito fácil. Uma saída é pensar nos juros como um gasto a mais.

Noel Hendrickson/Digital Vision/Getty Images

Faça listas de compras

Você já deve ter se surpreendido ao ir ao supermercado pensando em comprar “apenas umas coisinhas” e voltar com uma compra consideravelmente maior. As listas de compras são uma boa ideia para evitar a compra por impulso. Uma vez no supermercado, é importante se ater à lista, evitando a tentação de cair nas liquidações e ofertas de última hora.

Thinkstock/Comstock/Getty Images

Menos dinheiro vivo

Já dizia a canção: “Dinheiro na mão é vendaval”. E a previsão está correta. Quem anda com dinheiro no bolso gasta muito mais rápido. Cada um deve encontrar o próprio método de economia. Criar um valor máximo para gastos diários pode ser uma boa saída para fazer seu dinheiro render. Ou mesmo estipular dias específicos para usar o cartão de crédito, como nos finais de semana.

Creatas Images/Creatas/Getty Images

Pague antecipadamente

Algumas contas têm desconto quando pagas antes do vencimento. Geralmente isso acontece com condomínios ou mesmo faturas da mensalidade de cursos. A ideia é recompensar os bons pagadores. O contrário também é verdadeiro. Se o pagamento não for feito no prazo, será cobrada uma multa. Ao pagar antecipadamente, você economiza um dinheiro que pode ser importante mais à frente.

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Defina metas

Ao criar metas para serem alcançadas em pequeno, médio ou longo prazo, nos estimulamos a poupar dinheiro e recursos conseguir. Pode ser uma viagem de final de ano, a compra da casa própria ou pagar a faculdade. Ter um objetivo nos faz trabalhar mais e mais para conseguir realizar nossos desejos. Esta deve ser a meta da poupança: juntar dinheiro para algo que realmente valha a pena.