×
Loading ...

As dez melhores faculdades de medicina do Brasil

As primeiras faculdades de Medicina do Brasil foram criadas no século 19 e hoje se destacam pela excelência na formação dos profissionais. Os alunos que passam pelas melhores instituições saem com uma ótima formação, de nível internacional. De acordo com os dados do Ministério da Educação, os melhores cursos são de instituições públicas e trazem um currículo rico e variado. Confira quais as universidades que possuem o melhor nível de ensino na área de ciências da saúde.

Todas as 10 melhores instituições são públicas (michaeljung/iStock/Getty Images)

USP

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo foi fundada em 1912, ainda como Faculdade de Medicina e Cirurgia de São Paulo. Trata-se de uma instituição gigantesca com 17 departamentos (Cardiopneumologia; Cirurgia; Clínica Médica; Dermatologia; Gastroenterologia; Medicina Preventiva; Moléstias Infecciosas e Parasitárias; Neurologia; Obstetrícia e Ginecologia; Oftalmologia e Otorrinolaringologia; Ortopedia e Traumatologia; Patologia; Pediatria; Psiquiatria; Radiologia; Medicina Legal, Ética Médica, Medicina Social e do Trabalho; Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional). Na pós-graduação, oferece mestrado e doutorado, além de programas de residência. Pertence à faculdade nada menos que o imponente Hospital das Clínicas da capital paulista.

Loading...

UFRJ

Mais de mil alunos estudam atualmente nos cursos ministrados pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Sua história vem ainda dos tempos coloniais: em 1808, o príncipe regente de Portugal, Dom João 4º, implantou a então Escola de Anatomia, Medicina e Cirurgia. Os cursos de graduação estão divididos em quatro habilitações: Medicina, Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional. Os de pós-graduação, por sua vez, se distribuem em 30 setores. No lato sensu, a instituição oferece cursos de especialização e aperfeiçoamento, além de diversas atividades de educação continuada.

UFMG

Fundada em 1911, e desde então figurando entre as melhores do País, a Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais conta ainda com o maior ingresso de alunos: todo ano, 320 novos estudantes adentram a instituição. No centro de graduação, são ministrados os cursos de Medicina, Fonoaudiologia e Tecnologia em Radiologia. A UFMG oferece inserção em projetos de iniciação científica e de iniciação à docência (monitorias), além de projetos de extensão. O Programa de Pós-Graduação se divide em 10 setores.

UFRGS

A Famed (Faculdade de Medicina) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul é uma das mais antigas do Brasil. Fundada em 1898, foi a terceira escola médica do país e a primeira criada durante a República. O curso de graduação em Medicina oferece um programa de educação médica continuada, responsável pela atualização dos profissionais. Na pós-graduação, o mestrado e doutorado estão divididos em 12 setores. Conta com um dos melhores hospitais-escola do País, o Hospital das Clínicas de Porto Alegre.

Unicamp

A Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas (interior de São Paulo) é um centro de excelência. Criada em 1963, oferece o curso de Medicina e também os de Enfermagem, Fonoaudiologia e Farmácia. Destaca-se pelos programas de assistência médica, docência e pesquisa, graças ao amparo de unidades como o Hospital de Clínicas, o Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) e o Hemocentro, todos na região de Campinas. A pós-graduação divide-se em 13 programas.

Unesp

Sediada na cidade de Botucatu, no interior de São Paulo, a Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista foi implantada em 1963 e oferece cursos de graduação em Medicina Humana e Enfermagem, além de 39 programas de residência médica, 52 de aprimoramento profissional e nove programas de pós-graduação stricto sensu. O Núcleo de Apoio Pedagógico, criado em 2000, realiza uma avaliação contínua do ensino médico da instituição.

UFSC

Cinco departamentos formam o CCS (Centro de Ciências da Saúde) da Universidade Federal de Santa Catarina: Cirurgia, Clínica Médica, Departamento de Pediatria, Departamento de Ginecologia e Obstetrícia e Departamento de Saúde Pública. A Graduação oferece os cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Odontologia e Fonoaudiologia. Os programas de pós-graduação se dividem em 12 setores e possuem ainda cursos de extensão. A infraestrutura da UFSC é de ótima qualidade, contando com dezenas de laboratórios bem equipados.

UnB

A Faculdade de Medicina da Universidade de Brasília foi implantada em 1965, apenas alguns anos após a fundação da nova capital. A graduação em Medicina tem como principal foco a atuação intensa nas áreas de cirurgia, pediatria, ginecologia e obstetrícia, clínica médica e saúde coletiva. Na pós-graduação, oferece três programas stricto sensu (mestrado/doutorado): Medicina Tropical, Ciências Médicas e Patologia Molecular. No lato sensu, a opção é residência médica, com o devido credenciamento pela Comissão Nacional de Residência Médica.

UFPR

A Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Paraná conta com 17 departamentos, que a tornam uma das mais completas do País. A instituição também é uma das mais antigas no Brasil, tendo completado 100 anos em 2014. No centro de graduação, estão disponíveis os cursos de Medicina, Enfermagem, Farmácia, Nutrição, Odontologia e Terapia Ocupacional. Como unidade-escola, a UFPR tem a seu dispor o Hospital das Clínicas de Curitiba, com sua ótima infraestrutura. A pós-graduação abrange 13 setores.

UFPE

O Centro de Ciências da Saúde da Universidade Federal de Pernambuco foi fundado em 1915 e desde então vem se destacando como sede do melhor curso de Medicina da região Nordeste. A infraestrutura é um caso à parte: além do Hospital das Clínicas, os alunos ainda contam com as instalações do CCB (Centro de Ciências Biológicas), além dos laboratórios da própria CCS. O Naem (Núcleo de Apoio ao Estudante de Medicina), também oferece espaço e equipamentos para o curso de Medicina.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...