Como diagnosticar entorses e distensões agudas na coluna cervical

Escrito por ehow contributor | Traduzido por juliana ferreira dos anjos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como diagnosticar entorses e distensões agudas na coluna cervical
Diagnóstico de entorses e distensões agudas

As entorses cervicais podem torná-lo consciente de que sua cabeça pesa 5 kg, como uma bola de boliche. Transportar uma bola de boliche em cima de dores musculares pode ser uma tarefa árdua. É importante saber que você está lidando com uma entorse e não com uma condição mais grave. Ela exige uma compreensão de muitos fatores e atenção aos detalhes.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Aprenda sobre a anatomia da coluna cervical e a maneira pela qual saem os nervos da medula espinhal através de aberturas nas vértebras cervicais. Leia sobre os músculos que suportam a estrutura cervical e os tipos de fatores que podem prejudica-los. Obtenha uma apreciação dos músculos presos do pescoço. Perceba que o músculo trapézio forma um triângulo que realmente desce nas costas.

  2. 2

    Liste os sintomas para ver se eles são compatíveis com entorses e distensões cervicais. Os sintomas mais comuns são dor no pescoço e no ombro, aumento da dor na rotação da cabeça e limitação da amplitude de movimento.

  3. 3

    Verifique sua história recente para ver se há alguma atividade que pode ser relacionada com o início dos sintomas. Em algumas circunstâncias, o evento associado com o início dos sintomas é obvio, por exemplo, uma lesão esportiva ou de automóvel. Outras vezes, é necessário um pouco mais de pesquisa. Atividades como segurar o telefone, assistir televisão deitado de lado ou apertar os dentes podem causar os sintomas, mas por causa destas atividades serem crônicas, elas tendem a ser ignoradas.

  4. 4

    Procure ver se há dormência nas extremidades superiores ou fraqueza muscular óbvia (não aperto, mas fraqueza). Elas estão associadas com uma radiculopatia envolvimento dos nervos cervicais — e não a uma entorse muscular. O que deve ser feito se esse sintoma está presente?

  5. 5

    Trate seu pescoço. Por 5 a 7 dias, descanso, alongamento, calor e gelo são os melhores tratamentos. Consulte seu médico pessoal se os sintomas não melhorarem neste tempo.

  6. 6

    Faça exames com o médico para descartar fraturas, discos de ruptura ou saliência ou outras causas para os sintomas que podem simular uma entorse cervical. Os exames podem incluir raios-x ou outros procedimentos de visualização,caso pareça que você não tem uma entorse.

Dicas & Advertências

  • Se você tiver tido um trauma significativo em um acidente de carro, incluindo um trauma direto ou aceleração, lesão de desaceleração (chicotada) ou uma grande lesão atlética ou queda, procure atenção imediata de um serviço de emergência. Isto é apropriado porque as fraturas de coluna cervical podem ser associadas com o risco de trauma na medula espinhal, que pode não ser evidente à primeira vista.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível