Como diagnosticar ruídos de transmissão

Escrito por chris stevenson | Traduzido por andressa gonzalez
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como diagnosticar ruídos de transmissão
Diagnosticar ruídos de transmissão cedo o suficiente pode adiar reparos caros (old gearbox dumped in a rest area on the side of the road image by Undy from Fotolia.com)

Embora a maioria dos ruídos de transmissão de veículos esteja relacionada com as partes internas e não pode ser vista, o seu comportamento e a freqüência de som sempre lidam com uma parte móvel de acordo com a rotação ou pressão do motor. Outras peças usadas de veículos podem imitar o ruído ou o tato de peças de transmissão com defeito, por isso torna-se importante identificar ruídos específicos para determinados problemas.

Nível de dificuldade:
Moderadamente fácil

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Manual de conserto do proprietário
  • Estetoscópio automotivo (se aplicável)

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Dirija o veículo fazendo várias paradas e acelerações. Se você ouvir um ruído constante acompanhado por um deslize nas engrenagens quando a transmissão automaticamente muda a marcha, significa que os fluidos da transmissão estão baixos. Sem o nível de líquidos adequado, a bomba tem que empurrar o ar através da transmissão, o que causa o ruído e produz a hesitação ou o deslize. Quaisquer vazamentos no solo confirmará a perda de fluido de transmissão.

  2. 2

    Deixe o veículo com o motor inativo e o câmbio em estacionar ou neutro. Mantenha o pé no pedal de freio. Empurre o pedal do acelerador vagarosamente elevando a rotação do motor. Se você notar um zumbido que aumenta de intensidade à medida em que o motor aumenta a velocidade, significa o mau funcionamento da bomba de transmissão ou do eixo da bomba. Uma vez que o trem de engrenagens não esteja relacionado com o modo "drive", ele exclui todos os outros componentes. Consulte o manual de conserto para a localização destes componentes.

  3. 3

    Ouça um zumbido enquanto você tem o motor inativo e em marcha com o pé no freio. Isso coloca o conversor de torque no modo operacional. Como a bomba do conversor de torque, o estator e a turbina giram livremente durante o modo neutro ou estacionar, o barulho não estará presente nessas configurações. Acelere lentamente em modo "drive" e ouça se o barulho do conversor de torque ficará mais silencioso à medida em que o veículo se move para frente.

  4. 4

    Coloque o pé no freio com o motor em ponto morto e inativo. Eleve as rotações por minuto um pouco mais durante a inatividade. Coloque o selecionador de marcha em "drive" enquanto mantém a pressão no freio. Se você ouvir uma batida forte ou sentir um tremor no chassi, isso pode indicar que as montagens do conversor de torque estão desligadas ou quebradas. Confirme isso verificando o aperto das juntas universais, tanto dianteiras quanto traseiras de um veículo de tração traseira.

  5. 5

    Ouça uma batida pesada quando muda de neutro para inverso e volta novamente. Verifique a montagem do membro cruzado da transmissão (amortecedores de borracha) para saber se há desgaste excessivo ou rachaduras. Uma vibração perceptível na estrutura do chassi durante a batida pesada apontará mais para uma montagem de transmissão defeituosa do que para um problema do conversor de torque.

  6. 6

    Dirija o veículo por meio da mudança de marcha de transmissão normal da primeira para a última. Use uma aceleração rápida, permitindo que a transmissão mude firmemente. Ouça qualquer chiado, rosnado ou ruído mecânico de metal contra metal em cada marcha logo que ela muda. Tais ruídos indicam problemas com as engrenagens planetárias individuais, o eixo de entrada ou os rolamentos de transmissão internos. Uma única engrenagem pode estar quebrada ou desgastada, permitindo apenas um ruído nessa engrenagem. Consulte o manual de conserto para a localização dessas peças.

Dicas & Advertências

  • Como opção, coloque um estetoscópio automotivo contra a caixa de transmissão para diminuir ruídos específicos, a fim de não confundi-los com outros componentes próximos. Tenha um macaco de chão, cavaletes e um assistente para ajudá-lo a fazer a checagem embaixo do veículo de forma segura.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível