Diagnósticos de enfermagem neonatal

Escrito por jennifer frick | Traduzido por mirella veloso
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Diagnósticos de enfermagem neonatal
O período neonatal é um de trasição da vida dentro do útero para a vida fora dele (newborn image by Fabio Barni from Fotolia.com)

Os primeiros 28 dias de vida fora do útero são considerados como o período neonatal. Esse é um tempo particularmente vulnerável na vida, especialmente se o bebê nasceu prematuro. Muitas coisas acontecem durante o parto, incluindo-se o início da respiração independente, o começo da autorregulação de temperatura e o início de alimentação pelo peito ou mamadeira. Os cuidados durante esse período devem levar esses fatores em consideração e planejar de acordo. Os diagnósticos do cuidado são uma parte integral do desenvolvimento de planos de cuidado que guiam as ações desse cuidado.

Outras pessoas estão lendo

O processo de cuidado

Os diagnósticos do cuidado são parte integral do planejamento do cuidar do paciente. Um diagnóstico de enfermagem não é o mesmo que um diagnóstico médico. É mais um julgamento clínico sobre as respostas do paciente a problemas mesmo, ou a problemas de saúde em potencial. Um diagnóstico de enfermagem vem do estado de saúde do paciente e determina o cuidado que a enfermeira dá ao paciente. Tipicamente existe mais de um diagnóstico de enfermagem em um plano de cuidado para bebês. Para cada diagnóstico de enfermagem, deve existir um objetivo mensurável para o qual a enfermeira está trabalhando, bem como uma lista de passos que ela irá tomar para alcançar esse objetivo.

Icterícia neonatal

Neonatal ou recém-nascido, a icterícia é um diagnóstico médico comum. O tratamento médico normalmente consiste na fototerapia, ou colocar a criança sob luzes, ou em uma cama especialmente iluminada.

Um possível diagnóstico de enfermagem relacionado à icterícia é o risco de déficit no volume de fluidos relacionado à fototerapia. Isso ocorre porque as luzes podem desidratar o bebê.

Um objetivo para esse diagnóstico seria: a criança não irá exibir sinais de desidratação e irá mostrar ganho de peso de forma apropriada.

A procura por sinais de desidratação pode ser uma ação importante de enfermagem para esse diagnóstico. Para fazê-lo, a enfermeira deverá procurar por uma pobre elasticidade da pele, ao puxá-la e ver se ela sobe ou se mantém a sua forma, o que deve indicar desidratação. A enfermeira também deve procurar por
depressões na moleira, olhos afundados, diminuição da saída de urina, perda de peso e avaliar os exames de sangue para verificar mudanças nos níveis de eletrólitos.

Se a desidratação estava presente, a enfermeira irá substituir o fluido perdido. O resultado esperado seria que o bebê terá uma maior elasticidade da pele e de seis a oito fraldas molhadas por dia e irá manter o peso.

Esse é um exemplo de um diagnóstico de risco, onde o cuidado é direcionado à prevenção de um problema.

Mãe que abusou de substâncias

Um possível diagnóstico de enfermagem neonatal para um bebê cuja mãe abusa de substâncias é nutrição alterada, quando o bebê recebe menos do que o seu corpo precisa, devido à vômitos, diarreia e um reflexo descoordenado de chupar e engolir porque o bebê estaria passando por uma síndrome da abstinência.

Note que existem duas áreas problemáticas: vômito e diarreia, e os reflexos desordenados de engolir e chupar, ambos trazendo a possibilidade de dificultar que o bebê receba a nutrição adequada.

O objetivo: a criança deve ganhar ou manter o peso.

As intervenções da enfermeira incluem: a avaliação dos reflexos de engolir e chupar, usando uma seringa de bulbo para limpar o nariz se o bebê tem problemas ao respirar devido à congestão, causando problemas ao comer; posicione o bebê no seu lado direito após alimentá-lo para prevenir vômitos.

Os resultados esperado deverão incluir a tolerância à alimentação, manter o peso ou ganho de peso, evidenciado pela ausência de vômitos ou da inalação de leite para os pulmões durante a alimentação.

Diagnósticos de melhora para o recém-nascido

Os diagnósticos de enfermagem podem também ser focados em desenvolvimentos positivos. Um exemplo disso nos neonatos é a melhora do comportamento organizado do infante devido à prematuridade.

Alguns objetivos poderiam ser: a criança irá demonstrar sinais vitais e coloração da pele estáveis; também irá mostrar transições suaves entre os estados de sono e vigília; e também irá demonstrar prazer com experiências motoras e sensoriais.

Ações de enfermagem para ajudar a fazer com que isso ocorra podem incluir: ensinar aos pais maneiras de facilitar a coordenação motora e desenvolvimento por meio de técnicas apropriadas.

Pais

A sabedoria paterna, ou falta da mesma, pode ter um efeito profundo sobre a saúde do recém-nascido, particularmente se ela é considerada de alto risco devido à prematuridade, ou outras questões de saúde. Um exemplo de um possível diagnóstico de enfermagem apontado aos pais mas que irá afetar o neonato poderia ser: administração ineficaz de regime terapêutico relacionado à complexidade desse regime.

O plano de cuidado seria então direcionado à educação dos pais no que diz respeito à cuidados específicos que eles precisariam aprender para estarem aptos a cuidar do seu neonato da maneira adequada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível