Diário de perda de peso: Como a tecnologia pode te emagrecer

Escrito por jason cipriani | Traduzido por natalia peres
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail

Como um especialista do eHow perdeu peso usando a tecnologia

Diário de perda de peso: Como a tecnologia pode te emagrecer
O autor no começo do seu programa de exercícios para perda de peso (Divulgação)

A jornada começa

Diário de perda de peso: Como a tecnologia pode te emagrecer
O autor no começo do seu programa de exercícios para perda de peso (Divulgação)

Se me perguntassem no ano passado se eu me sentia com excesso de peso ou de gordura, eu teria rido e dito "não". Eu cresci como o "garoto magricela" da rua que podia comer o quanto quisesse, sem medo de engordar. Era assim que eu ainda via meu eu adulto no espelho, com 29 anos de idade. Mas algo aconteceu quando eu voltei da Consumer Eleronics Show, comecei a rever fotos minhas em vários eventos e comecei a cair na real: eu estava acima do peso e precisava perder alguns quilos.

Mas como? Dietas são intimidadoras para alguém como eu, que não gosta de nenhuma fruta ou legume além da laranja ocasional. E exercícios exigem tempo e comprometimento quando eu sentia não ter nenhum dos dois.

Então, sem expor minhas preocupações, minha mulher falou comigo sobre sua vontade de se juntar aos Vigilantes do Peso (VP). Eu escutei seu cuidadoso e elaborado discurso sobre o porquê desse programa funcionar para ela e como não fazer uma dieta afetaria o resto da família (temos três filhos, todos com menos de 4 anos na época). Eu a incentivei a se inscrever e ela o fez na mesma noite.

Depois de ver minha esposa participando do programa por algumas semanas eu percebi o quão amigável ele poderia ser para alguém como eu. Você literalmente ainda pode comer qualquer coisa, incluindo um hambúrguer gorduroso e batatas fritas, desde que seja em pequenas porções.

O controle das porções era uma nova abordagem à alimentação para mim.

Então eu me inscrevi. Minha esposa e eu faríamos isso juntos.

Juntando-me aos Vigilantes do Peso modernos

Tradicionalmente, o Vigilantes do Peso inclui ir às reuniões, pesar-se e conversar com outros membros sobre suas lutas e seus sucessos. Conforme o mundo se tornou mais móvel, o programa também o fez. Agora você pode gerenciar todo o seu programa diretamente do seu smartphone, ou juntar-se aos fóruns da comunidade no site se precisar de apoio. Eu comecei com a abordagem pelo smartphone.

Eu baixei o aplicativo móvel do programa Vigilantes do Peso, uma ferramenta para te ajudar a contar pontos, acompanhar suas refeições e registrar sua perda de peso. A conta era fácil de configurar, bastava dar informações básicas sobre mim. Aprendi rapidamente quais alimentos valem mais pontos e quais são "pontos favoráveis" usando o aplicativo no telefone. Na primeira semana, perdi 2,5 quilos.

Sendo alguém que passa muito tempo em um computador e na Internet, tenho certeza de que você pode entender quando eu digo que perco o interesse facilmente. Isso estava prestes a acontecer com essa dieta, então, para ficar motivado, voltei-me para o que normalmente me distrai: a tecnologia.

Ao fazer compras, eu me certificaria de usar o leitor de código de barras do Vigilantes do Peso nos itens que eu queria comprar. Após escanear um item, você recebe imediatamente o número total de pontos por porção. Isso fez com que fazer compras durante uma dieta fosse extremamente simples.

A tecnologia que me ajudou a emagrecer

Diário de perda de peso: Como a tecnologia pode te emagrecer
O Fitbit One e um iPhone foram instrumentos para o sucesso do autor (Divulgação)

Ao final dos três primeiros meses eu já havia perdido 8,5 quilos. A reação dos meus amigos e familiares era surpreendente. Eu me sentia melhor, mais bonito e não queria parar. Então decidi acelerar meu ritmo e comprei uma bicicleta para ir trabalhar.

Andar de bicicleta era um modo de economizar dinheiro com gasolina, além de colocar um pouco de exercício na minha vida. Mas sejamos honestos, andar de bicicleta pode ficar chato, a menos que você tenha estatísticas para fazer um backup do seu progresso. Use o Endomondo.

O Endomondo é um aplicativo gratuito para iOS ou Android que rastreia uma longa lista de diferentes tipos de exercícios. Se estiver correndo ou andando de bicicleta, ele cria e salva suas rotas usando o GPS do seu smartphone. Ele criará um mapa do seu trajeto, lhe dará atualizações em tempo real e o incentivará para melhorar seu tempo anterior. Eu usei diariamente este aplicativo na minha ida para o trabalho, comparando sempre meu tempo e planejando melhorá-lo da próxima vez.

Um aplicativo como o Endomondo foi um modo interativo de me motivar com algo que eu já tinha: meu smartphone. Eu sinto muito pelos meus antepassados distantes que precisavam carregar um cronômetro, um mapa de papel, uma caneta e um bolso cheio de moedas.

Quando o calor do verão se tornou insuportável para andar de bicicleta pela cidade, comecei a procurar outro modo de me motivar a continuar me movendo. Nesta época, o Fitbit One foi lançado. Ele era como os antigos dispositivos de rastreamento de atividades físicas, mas também incluía sincronização Bluetooth. Para mim foi perfeito na época.

Por menos de R$ 200,00 comprei o Fitbit One, que conta os passos, estima a queima de calorias, registra a qualidade do sono e algumas outras estatísticas diárias aleatórias. Eu também queria algo para controlar melhor meu peso, mantendo uma nota mental de que o quanto eu pesava antes já não funcionava mais para mim hoje. Antes de perguntar por que eu não simplesmente escrevia meu peso em um diário, é porque eu não tenho um. Meu cérebro funciona em termos digitais para tudo.

O Fitbit também faz uma escala conectada por Wi-Fi, chamada Aria, que se integra com seu monitor de atividades e traz os dados em conjunto no aplicativo móvel e no site. O Aria é vendido por cerca de R$ 258,00.

Com o Fitbit você pode definir metas de passos diários, adicionar amigos que também o utilizem e competir com eles. Se quiser, também pode usar o aplicativo para controlar suas calorias, definir a meta de calorias diárias e certificar-se de que suas calorias queimadas excedem as consumidas. Afinal de contas, é assim que se pede peso, certo?

A capacidade de ver um gráfico de quando eu estava ativo até agora foi o maior motivador para eu me tornar mais ativo. E associar quais alimentos eu havia comido na noite anterior a uma má pesagem (combinando os dados do Vigilantes do Peso e do Fitbit) abriu meus olhos em mais de uma ocasião.

Os resultados

Diário de perda de peso: Como a tecnologia pode te emagrecer
Um Jason magro com sua esposa após um ano de atividades físicas com apoio tecnológico (Divulgação)

Houveram dois fatores que contribuíram diretamente para o meu sucesso com o programa:

  1. Minha esposa. Sem ter alguém com quem dividir o sofrimento das mudanças na dieta, eu não tenho certeza se teria continuado.
  1. O auxílio da tecnologia. A tecnologia pegou algo que eu sempre tive medo de tentar e o transformou em algo fácil e interativo para mim. Sem a interação digital da minha dieta (na verdade, a transformação em um jogo), eu não teria seguido por mais de algumas semanas.

Apesar da tecnologia ter tido um importante papel, fazer as pequenas coisas sobre as quais você ouve e lê, mas muitas vezes ignora como besteiras, também teve. Por exemplo: usar pratos menores para diminuir o tamanho das porções realmente funciona. Eu também tenho o hábito de estacionar longe para que eu precise ir a pé e uso as escadas em vez do elevador. Esses ajustes aparentemente mínimos se somam aos grandes resultados.

Quando tudo foi decidido e feito, eu perdi um total de 18 quilos ao longo de 12 meses. Nada mal para alguém que não estava acima do peso, certo?

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível