Dicas de balé de ponta para iniciantes

Escrito por judy fisk | Traduzido por nicolle roesner
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas de balé de ponta para iniciantes
Bailarinas que são novas na ponta podem conseguir dicas valiosas de seus colegas mais experientes (Jupiterimages/Pixland/Getty Images)

Agora que sua professora de balé lhe deu uma vantagem para começar a dançar em ponta, você enfrenta uma variedade estonteante de escolhas. Você descobrirá em breve que há inúmeros fabricantes e modelos de sapatilha de ponta para escolher, diferentes opções para acolchoamento para os dedos e uma variedade de opções sobre o melhor jeito de começar com a suas novas sapatilhas antes de treinar com elas. Sua professora tem confiança que você tem a força e a habilidade técnica para trabalhar com a ponta, mas algumas dicas podem facilitar a transição.

Outras pessoas estão lendo

Se prepare adequadamente

Uma sapatilha que sirva corretamente é a chave para evitar muitas dores e desconfortos que bailarinas sentem como resultado de dançar em ponta. Embora possa ser tentador não perder tempo e dinheiro ao apenas estimar o seu tamanho e encomendar sapatilhas online, você deve planejar experimentar as sapatilhas pessoalmente com alguém que seja um perito em sapatilhas de ponta. Somente alguém que entenda como sapatilhas de ponta são diferentes e quem é treinado para avaliar a força e a estrutura dos pés de uma bailarina pode avaliar corretamente suas necessidades particulares. Por essa razão, alguns professores de balé acompanham suas alunas quando elas compram a sua primeira sapatilha de ponta. Se a sua professora não está com você na primeira vez da sua compra, peça-a para aprovar a sua escolha antes de você amarrar as fitas.

Comece devagar e tenha expectativas razoáveis

De um modo geral, bailarinas que acabaram de começar a trabalhar em ponta usam as suas sapatilhas de ponta, no máximo, de 10 à 30 minutos, seguindo uma aula técnica normal. Iniciantes passam esses poucos minutos praticando o básico, com exercícios lentos que ajudam a descobrir como usar a haste reforçada e a biqueira na ponta da sapatilha sem se tornarem super dependentes dela. Não espere usar suas sapatilhas de ponta para um aula de técnica completa até o seu segundo ano treinando em ponta.

Continue a construir força

Em meio à emoção de dançar em ponta, não se esqueça de que você precisará manter ou talvez construir força e flexibilidade. Para alcançar os lindos movimentos que parecem serem feitos sem esforço algum, você precisará construir conscientemente a força do seu núcleo muscular. Um programa de condição física que inclua abdominais e pranchas para construir o núcleo pode ajudar a deixar a ponta mais fácil e possivelmente mais segura ao remover a pressão dos tornozelos. Ao mesmo tempo, você deve trabalhar em construir força e flexibilidade dos seus tornozelos e pés com a ajuda da faixa de resistência.

Seja sensata, esteja segura

Como iniciante, você deve dançar em ponta somente quando sua instrutora estiver observando. Depois de muito tempo, você irá desenvolver um bom senso de posicionamento correto do corpo em ponta, mas no começo, você irá precisar dos olhos super treinados dela para te manter longe de lesões, além de monitorar seus movimentos e ajudar a fazer as correções necessárias. Se os seus joelhos não estão suficientemente retos ou se seus pés estão em formato de foice ao praticar a ponta, você está pedindo por uma lesão.

Se beneficie da experiência de suas colegas

Pode levar algum tempo para entender o que serve melhor para você, como a bandagem do dedo do pé ou o acolchoamento, métodos para começar com suas sapatilhas e técnicas para amarrar as fitas e elásticos. Independente de você ler artigos e livros que tratam de tais tópicos, sua melhor opção é conversar com suas colegas que possuem mais experiência para juntar informações e sugestões. Entretanto, no final, o seu bom senso prevalecerá sobre o que funciona e o que não funciona.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível