Mais
×

Dicas para baratear a sua festa de casamento

Getty Images

Introdução

Casamento é um grande investimento. A indústria do ramo movimenta bilhões de reais, com empresas que aproveitam as grandes expectativas dos casais para colocar preços nas alturas. No entanto, com algumas dicas é possível baratear sua festa e ainda assim viver um dia inesquecível. O essencial é planejar-se e estabelecer suas prioridades. Dessa forma, sobrará mais dinheiro para a lua de mel e o dia a dia do casal.

Thinkstock Images/Comstock/Getty Images

Lista de prioridades

A primeira coisa a fazer é estabelecer uma lista de prioridades, em acordo, entre o casal. Se vocês tiverem um orçamento limitado, é recomendável começar o processo tendo muito claro do que fazem questão ou não. Assim, fica mais fácil tomar decisões durante o planejamento da festa. Se você não abre mão de um vestido novo, por exemplo, pode compensar economizando em outros aspectos do evento. Uma dica é encomendar um bolo pequeno, já que menos da metade dos convidados come uma fatia.

Thinkstock/Comstock/Getty Images

Escolha do dia e horário

Um dos fatores que mais influenciam no preço do evento é o dia da semana. Se possível, escolha um dia de semana ou um domingo, porque a sexta-feira e o sábado são sempre os dias mais disputados e por isso mais caros. Outro ponto a ser observado é o horário: casar durante o dia costuma sair bem mais em conta do que à noite, por causa da procura e do preço das refeições. Um brunch custa até 40% menos do que um jantar, por exemplo.

Brand X Pictures/Brand X Pictures/Getty Images

Busca de fornecedores

É fundamental pesquisar preços com vários fornecedores. Evite fechar negócio com a primeira opção consultada, porque você pode se arrepender depois. Principalmente para quem não tem experiência com organização de eventos, o ideal é fazer uma pesquisa ampla para checar qual é o preço justo por determinado serviço. Também tenha em mente que às vezes o barato sai caro, então considere a qualidade dos produtos contratados. Outra dica é juntar-se a outras pessoas que vão casar na mesma época e negociar descontos com os fornecedores.

Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Faça você mesmo

Se você ou algum de seus familiares ou amigos tiver habilidade com trabalhos manuais, uma dica é fazer você mesmo algumas partes da festa, como as lembrancinhas. A dica dos especialistas é investir o mínimo possível nesses itens, já que eles não são fundamentais. Determine um valor máximo a gastar com isso e seja flexível para ficar dentro do limite. Mesmo que você não seja habilidosa, há opções de lembranças que são fáceis de fazer e saem em conta, como CDs com músicas escolhidas pelo casal.

Comstock Images/Comstock/Getty Images

Vestido e dia da noiva

Em um casamento, os preços costumam ser especialmente altos no que se refere ao vestido e à beleza da noiva, já que os fornecedores desses produtos e serviços sabem que as mulheres costumam ter grandes expectativas. Em relação ao vestido, uma dica é preferir o chamado primeiro aluguel, que pode custar até seis vezes menos do que comprar um vestido novo. Você também pode abrir mão do "dia de noiva" completo, fazendo apenas penteado, maquiagem e unhas no salão de beleza.

Ryan McVay/Photodisc/Getty Images

Lugar da festa

A escolha do lugar da cerimônia e da festa também influencia muito. Se possível, faça ambos no mesmo lugar. Assim, você economiza na decoração, deslocamento e aluguel do espaço, além de poupar tempo e evitar possíveis imprevistos. Também se recomenda fazer o casamento civil antes, no cartório, e não junto com o religioso, porque essa segunda opção pode sair pelo dobro do preço. Outra dica é fazer a festa em restaurantes ou hotéis em vez de alugar um salão, o que pode custar cerca de 30% menos.

Jupiterimages/Pixland/Getty Images

Peça emprestado

Use e abuse do que seus familiares e amigos têm a oferecer. Alguns itens da festa não precisam ser comprados ou alugados se alguém que você conhece puder emprestá-los. Por exemplo, se um grande amigo tem uma casa com um belo quintal, por que não fazer a festa lá? E por que alugar um carro para a chegada da noiva se um dos seus tios tem um bonito veículo para emprestar? Até mesmo a música pode ser presente de um padrinho que é DJ, por exemplo.

Comstock Images/Comstock/Getty Images

Flores de época

As flores costumam ser um dos pontos principais da decoração, mas também são um dos itens mais caros. Para reduzir os gastos com elas, procure as espécies da época do casamento, pois, além de mais baratas, estarão mais bonitas. Até mesmo a escolha da data do casamento influencia nesse aspecto, já que o preço das flores muda de acordo com as estações e o ideal é comprá-las na primavera. Maio, conhecido como mês das noivas, é o mais caro, por causa do dia das mães.