×
Loading ...

Dicas para compor uma sinfonia

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Desde o final de 1700, a sinfonia tem sido a grande peça orquestral por excelência, desenvolvendo em forma e instrumentação e mudando a forma da orquestra para se adequar à arte. Compositores orquestrais modernos ainda criam sinfonias e os desafios de escrever uma permanecem semelhantes ao que sempre foram. No entanto, o sinfonista contemporâneo também deve considerar a história da forma de arte.

Compor uma sinfonia completa não é um projeto simples (Medioimages/Photodisc/Photodisc/Getty Images)

Estude história

Se quiser compor uma sinfonia, comece a aprender sobre sua história e os desenvolvimentos que esta forma de arte tem sofrido desde os seus primeiros dias. Ouça algumas das sinfonias de Haydn e Mozart, as nove de Beethoven (especialmente a quinta, considerada o início da era romântica da música) e depois passe para os compositores românticos, com as sinfonias de Bruckner, Schubert, Brahms, Liszt e Berlioz. Ouça como as formas e os instrumentos das sinfonias mudam ao longo do tempo. Pense sobre os tipos de formas clássicas que quer imitar e quais as coisas originais que gostaria de fazer.

Loading...

Comece com temas

Componha alguns grandes temas (melodias) em torno do qual sua sinfonia será baseada. Se pretende escrever uma sinfonia com um significado programático (ou seja, uma "história" por trás da música), decida sobre a relevância dos temas que dizem respeito a esse programa. A quantidade de temas e o tamanho da sinfonia são por sua conta. Você também deve pensar em como quer tratar os temas, como irá tocar e alterá-los durante toda a música e que instrumentos serão tocados.

Faça um gráfico

Faça um gráfico da sinfonia antes de compô-la, para sentir a forma geral da peça. Crie um diagrama de linha em forma longa e horizontal para cada movimento. Ao longo desse movimento, identifique os principais eventos que pretende ter na música. Use qualquer terminologia que preferir; não é uma ciência exata, apenas uma maneira de ajudá-lo a visualizar e controlar os seus esforços. Isso também ajudará se quiser trabalhar em diferentes partes da sinfonia ao mesmo tempo.

Instrumentação

Para deixar as coisas mais simples de manusear, escreva sua sinfonia como uma partitura para piano para começar; desta forma, você poderá desenvolver a música sem se preocupar com a instrumentação. Quando estiver satisfeito, comece a pensar sobre como deseja expressar os instrumentos. Se quiser um pouco de inspiração em como combinar as cores dos instrumentos, ouça as obras de Igor Stravinsky (considerado um mestre da arte) ou o Bolero de Ravel, uma obra que apresenta cores individuais de instrumentos.

Considerações de toque

Se quiser que a sua sinfonia seja muito tocada quando for concluída, ela terá que ser boa e para os músicos. Enquanto compõe e especialmente quando terminar o primeiro rascunho, ouça cada parte individual, para avaliar a experiência do instrumentista. Lembre-se de que é chato descansar muito e desgastante tocar o tempo todo. Evite manter os instrumentistas de sopro, especialmente metais, em seu alcance, mais altos e por muito tempo. Se puder, peça a amigos que tocam os instrumentos individuais para verificarem as partes e digam se pensam que as peças são idiomática (bem escritas para o instrumento) e que mudanças devem ser feitas.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...