Dicas de cores para as paredes de casas com ambientes integrados

Escrito por judy wolfe Google | Traduzido por ana claudia bragé
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas de cores para as paredes de casas com ambientes integrados
A escolha das cores é muito importante

Um ambiente sem divisórias, com espaços integrados, pode fazer até mesmo uma pequena casa parecer espaçosa, especialmente se o objetivo é preservar a sensação de continuidade. Saber quais e quantas cores de tinta usar em um espaço aberto e quais erros evitar pode ser um desafio. Com um pouco de planejamento, no entanto, a sua escolha de tintas vai unificar sua casa sem sacrificar a personalidade de seus espaços individuais.

Outras pessoas estão lendo

Maximizando a personalidade de sua casa

Escolha um esquema de cores para enfatizar o espaço aberto. Usar uma cor diferente em cada cômodo só vai acabar com a continuidade, fazendo com que sua casa pareça menor. Cores competindo ou berrantes irão deixar seus olhos sem onde se concentrar.

O melhor esquema de cores será nem simples e nem caótico. Seu objetivo é fazer uma pintura com transições suaves de uma área para outra, destacando as características arquitetônicas da sua casa e criando harmonia.

Usar apenas uma única cor pode parecer seguro, mas não é a melhor maneira de chamar a atenção para os melhores traços da sua casa. Casas de ambientes integrados geralmente têm algumas características arquitetônicas marcantes. Planeje o seu esquema de cores para destacar essas características.

Escolhendo as cores

Estudar as amostras de cor de tinta nas lojas de materiais de construção e decoração não precisa ser intimidante se você entender como funciona a teoria da cor. "This Old House" sugere que você estude a roda de cores, uma indispensável ferramenta para inúmeras gerações de artistas. (Ver referência 2)

Passar uma hora estudando a roda de cores irá lhe ensinar mais sobre como as cores se relacionam do que uma semana vendo amostras de cores de tinta. Você vai aprender a criar uma combinação de cores pessoal e incrivelmente eficaz para o seu ambiente de espaços integrados.

Cores tríades da roda, por exemplo, são três cores igualmente espaçadas em esquemas de cores clássicas que você pode adaptar a sua casa ao variar a intensidade delas. O grau de separação entre elas determina se as tríades irão deslumbrar ou acalmar.

Um esquema de cores análogas usa três cores consecutivas com uma base comum. Azul, azul-violeta e violeta são cores análogas. Elas definem cada ambiente, mantendo a unidade deles. Sempre teste suas três cores antes de decidir. Cores facilmente distinguíveis em amostras de cores de tinta podem ser indistinguíveis em suas paredes. (Referência 1)

Use sua pintura para criar o clima da casa. Cores na faixa azul, verde e violeta são calmas e relaxantes, ao contrário das cores energéticas, como amarelo, laranja e vermelho. Cores claras fazem o espaço ficar amplo e iluminado, enquanto as cores escuras fecham-no. Faça um esquema de cores quentes ainda mais vibrantes ao escolher uma cor fria para destacá-las.

Dividindo o espaço

Se você está trabalhando com cores análogas, escolha a mais clara para destacar detalhes arquitetônicos, como os em carpintaria, as alcovas e as colunas de uma parede. Reserve a cor mais escura para espaços que você deseja isolar, como sua cozinha ou sala de jantar. Use a cor do meio para as extensões maiores da casa, como a sala de estar.

Se a sua casa tem um teto abobadado, na forma de um arco, expanda ainda mais o espaço ao pintá-lo com uma quarta cor, um tom entre a sua iluminação e cores médias. (Referência 1)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível