Dicas para cuidar de um louva-a-deus ferido

Escrito por verity jones | Traduzido por ana carolina prado almeida
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas para cuidar de um louva-a-deus ferido
Um louva-a-deus é um animal de estimação exótico (Hemera Technologies/Photos.com/Getty Images)

O louva-a-deus foi nomeado assim devido à maneira incomum que suas pernas são posicionadas. Dentre as mais de 2.000 espécies de insetos, ele é o único que pode girar o pescoço em 180 graus. Um louva-a-deus pode viver por até um ano, mas pode ferir a perna em uma luta, queda ou se manuseado incorretamente. Se ele estiver ferido, certifique-se de cuidar dele da maneira correta.

Outras pessoas estão lendo

Instalação

Um louva-a-deus precisa ser instalado corretamente para garantir que tenha o melhor habitat para sobreviver. Garanta que o tanque onde o inseto esteja alojado seja aquecido de 21 °C a 27 °C. Mantenha o local longe de luz solar direta e, à noite, use apenas uma luz negra ou infravermelha se necessário, para observação. Você poderia agravar uma lesão ocular com um foco de luz brilhante. Não mantenha mais de um louva-a-deus no mesmo local, porque eles comem uns aos outros. Se a lesão foi provocada por uma briga, separe imediatamente os insetos para evitar novos conflitos.

Alimentação

Cuide do louva-a-deus fornecendo-lhe uma dieta rica em proteínas. Eles comem outros insetos, como larvas de farinha, baratas, larvas de frutas e grilos. Certifique-se, porém, de que o inseto não seja maior que a metade do tamanho da cabeça do louva-a-deus. Se ele não comer o inseto, remova-o em seguida. Grilos podem prejudicar filhotes e isso fará uma lesão ainda pior. Ele poderá morrer se não for capaz de defender-se.

Higiene

Sempre que pegar seu louva-deus, lave as mãos antes. Você pode ter entrado em contato com produtos químicos que podem ser transferidos para o animal. É importante que a água do inseto seja trocada pelo menos uma vez por dia quando ele estiver saudável, então faça isso pelo menos duas vezes se ele estiver ferido. Isso garantirá que ele receba água fresca e não contaminada. Finalmente, limpe o tanque pelo menos duas vezes por semana. Se o louva-a-deus estiver ferido, é ainda mais importante manter o seu ambiente limpo.

Ferimentos comuns

O ferimento mais comum em um louva-a-deus é o dano aos membros obtido através de quedas. Você notará uma deformidade no posicionamento da perna ou sangramento. Ajude o louva-deus revestindo a área afetada com endurecedor de unhas. Se ele estiver sofrendo de desidratação, poderá descamar, ficar cansado ou murchar. O melhor, nesse caso, é consultar um veterinário exótico e continuar a proteger o ambiente do inseto.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível