Dicas para diminuir a temperatura de residências

Escrito por mary schultz | Traduzido por marcelo couto
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas para diminuir a temperatura de residências
Usar um ventilador portátil simples é uma das muitas dicas para refrescar sua casa (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Para manter o frescor da casa no calor do verão, é possível empregar várias técnicas. Já para resfriar o ambiente e manter um olho no consumo de energia, pode-se usar uma variedade ainda maior de técnicas. Em suma, o objetivo é manter o conforto e não perder o ar que é condicionado, tratado e modificado.

Outras pessoas estão lendo

Limite a perda de ar frio

Uma das maneiras de manter uma casa fresca é minimizar a quantidade de ar frio que vaza para o exterior. Realizar calafetagem ao redor das portas e janelas ajuda a limitar a troca de ar, bem como em rachaduras na fundação e nas paredes. O abafador da lareira deve ser mantido fechado. Nos dias mais quentes, manter portas e janelas fechadas durante as horas com sol também ajuda.

Minimize as atividades geradoras de calor no interior da residência

Várias atividades domésticas podem aquecer o ambiente dentro de casa. Usar máquina de lavar, secadora de roupas, lavadora de louças e o ferro de passar aumenta o calor do ambiente. Limitar essas atividades ajuda a reduzir a produção de calor. Além disso, assegurar-se de que as vedações estão seguras, que bobinas de refrigeração e unidades de condensação permaneçam sem poeira e que esses aparelhos permaneçam fechados durante sua operação também auxiliam. Se possível, feche áreas quentes, como a cozinha, a lavanderia e o cômodo do aquecedor de água, de modo que o calor permaneça selado nesses locais.

Use mecanismos de refrigeração de baixo consumo de energia

Em regiões com baixa umidade e em residências que possuem um resfriador evaporativo, esse método pode usar bem menos energia do que condicionadores de ar e resfriar de forma mais eficaz. O uso de exaustores em banheiros, cozinhas e lavanderias pode auxiliar a retirar a umidade e o calor dos ambientes. Ventiladores no sótão também ajudam a remover o calor e resfriar a casa. Além disso, durante a noite, dado que as temperaturas são mais baixas, o ventilador ajuda a puxar o ar frio para dentro de casa. Em residências com condicionador de ar, instalar um termostato programável pode ajudar a manter o clima minimamente agradável, porém com segurança, para quando as pessoas retornarem para casa ao final do dia. Ter isolamento térmico adequadamente instalado também reduz o custo de energia e ajuda a manter o ar frio no ambiente. Ventiladores, incluindo os de janela, de teto e os portáteis, podem manter o fluxo de ar e resfriar pessoas e animais.

Usando o condicionador de ar com sabedoria

A tentativa de sobre-arrefecer uma casa pode fazer com que o condicionador de ar pare de funcionar. A diferença de temperatura desejada entre o interior e o exterior é, na maioria dos casos, de 6º C a 9º C. Durante a temporada de uso, verifique os filtros de ar com frequência, no mínimo uma vez por mês, e substitua-os quando necessário. Mantenha a unidade condensadora livre de sujeira, detritos e folhas, de forma que o fluxo de ar permaneça desobstruído. Além disso, realize a manutenção do aparelho de ar condicionado conforme o fabricante sugere.

Outras contribuições para o resfriamento

Bloquear a penetração de raios solares através da instalação de telas escuras nas janelas pode ajudar a diminuir a temperatura dentro de casa. Além disso, plantar árvores frondosas e instalar toldos também diminui a sensação de calor. Para aproveitar o poder máximo de resfriamento, concentre os esforços para criar sombra nos lados sul e oeste da residência.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível