Mais
×

Dicas para enxertos de pele no nariz

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Um enxerto de pele, no qual uma pele nova é colocada sobre pele destruída ou removida, pode ser usado para restaurar a aparência do nariz depois de lesões ou doenças. Nesse tipo de enxerto, o nariz geralmente é reconstruído com cartilagem e tecidos, além da pele.

Cuidados com a pele (Liquidlibrary/liquidlibrary/Getty Images)

Fontes de pele para enxertos no nariz

Um enxerto no nariz pode substituir a pele machucada ou destruída por lesões, queimaduras, doenças como câncer de pele e úlceras. Uma de suas formas é o autoenxerto, no qual a pele é colhida de outra parte do corpo do paciente. Ela pode ser removida de qualquer lugar, apesar de geralmente vir de partes cobertas pelas roupas, como os glúteos ou coxas. Em um aloenxerto, a pele transplantada é retirada de outra pessoa ou de um tecido cultivado. Em um xenoenxerto, a pele vem de animais, geralmente porcos.

Procedimento para enxerto no nariz

Depois de raspar uma fina camada da pele do local doador, o cirurgião limpa as células mortas e bactérias da superfície do nariz e espalha a pele nova pelo local de transplante. O enxerto é fixado no lugar com grampos ou pontos, depois o nariz é coberto com bandagens esterilizadas e uma capa protetora, que ficará no lugar por três a cinco dias. Os pacientes devem proteger o nariz de traumas por duas a três semanas. Se o enxerto for bem sucedido, a nova pele desenvolverá vasos sanguíneos, e as glândulas sudoríparas e folículos capilares crescerão naturalmente.

Tipos de enxertos

Um enxerto de espessura parcial usa apenas as duas camadas superficiais da pele, conhecidas como epiderme e derme, do local doador. Um enxerto de espessura completa usa diversas camadas da pele. Por dar uma aparência mais real, essa técnica geralmente é usada em procedimentos em locais muito visíveis, como o rosto. Para os enxertos no nariz, os cirurgiões usam mais o enxerto composto, que incorpora camadas de gordura e cartilagem do local doador, além da pele. As camadas adicionais ajudam a dar uma aparência tridimensional mais realista, o que torna essa técnica ideal para a reconstrução nasal.

Antes e depois da cirurgia de enxerto

Os médicos dão instruções explícitas aos pacientes do enxerto, sobre os procedimentos pré-cirúrgicos. Remédios que inibem a coagulação, como aspirina, geralmente são proibidos. Pede-se que a pessoa não se alimente de oito a 12 horas antes da cirurgia. Depois do procedimento, os pacientes podem sofrer infecção, escaras e uma sensibilidade menor na pele do nariz. A substituição da pele pode ser descolorida ou com outra textura, comparada à pele original. Complicações possíveis incluem falha no assentamento do enxerto novo, um acúmulo de sangue sob a área e coágulos.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article