Dicas para recuperação mais rápida de uma cirurgia labral do ombro

Escrito por abaigeal quinn | Traduzido por mariana dsp
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

Em volta de uma extremidade da omoplata, fica o lábio, um anel macio de tecido que ajuda a estabilizar a articulação do ombro. Por vezes, halterofilistas e atletas rompem o lábio, o que pode causar muito dor e demandar uma cirurgia. As pessoas que tiverem dor crônica que interfira com as atividades diárias são boas candidatas para essa cirurgia. A recuperação nunca é rápida e não deve ser apressada, mas a reabilitação pode aumentar suas chances de recuperar-se completamente.

Outras pessoas estão lendo

A cirurgia

A cirurgia para reparo do lábio costuma ser bem sucedida em 85% a 95% dos casos, de acordo com o Dr. Gary Gartsman, do Texas Orthopedic Hospital. Existem muitas variáveis nesse tipo de cirurgia que podem contribuir para seu sucesso, incluindo a quantidade de fisioterapia que o paciente faz após a cirurgia, o nível de atividade que ele costuma praticar e se ele poderá deixar que o ombro se recupere por completo antes de voltar a forçá-lo. Também existem níveis diferentes de lesões. Algumas ficam restritas ao lábio, sem afetar o tendão do bíceps, oferecendo mais estabilidade ao ombro e exigindo procedimentos mais simples, cujo tempo de recuperação é mais curto. Já se essa ruptura chegar ao tendão ou ficar abaixo do "suporte" da omoplata, pode ser preciso remendar o tecido, o que torna o tempo de recuperação mais longo.

Retorno ao trabalho

Aqueles que têm trabalhos sedentários devem tirar uma semana de licença e, ao retornar, usar uma tipoia por seis semanas após a cirurgia. Não se deve levantar, carregar, puxar ou empurrar nada por um período de seis a oito semanas e, nos primeiros três a quatro meses, só é permitido erguer objetos leves (2,2 kg a 4,5 kg) à altura da cintura. Recomenda-se um período de seis meses de recuperação antes de começar a fazer qualquer trabalho na altura do ombro, e até um ano antes de erguer objetos pesados ou levantá-los acima da cabeça.

Exercícios e fisioterapia

O médico lhe passará uma série de exercícios terapêuticos que lhe ajudarão a alongar a área lesionada, ajudando na recuperação. Caminhadas podem ser feitas algumas semanas após a cirurgia, e você pode usar escadas (de academia) ou bicicletas ergométricas. Não se deve andar de bicicleta ou praticar corridas leves antes de se passarem dois ou três meses da cirurgia, e isso pode causar um pouco de dor se o ombro ainda estiver em recuperação. O paciente pode dar algumas tacadas leves de golfe nesse período. Se o médico aprovar, também poderá voltar a jogar tênis, nadar e praticar corridas dentro de quatro a seis meses.

Esportes de contato precisam de uma recuperação de pelo menos seis meses, enquanto os mais competitivos podem precisar de até um ano. Os halterofilistas podem não poder levantar peso mesmo depois disso. O tempo de recuperação é imprevisível e só poderá ser passado por um médico. Depois desse tipo de lesão, pode ser que certos pesos não sejam mais tolerados.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível