Dicas e sugestões para induzir o trabalho de parto

Escrito por kristen fisher | Traduzido por débora sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Dicas e sugestões para induzir o trabalho de parto
Existem algumas maneiras naturais de induzir o parto (Pixland/Pixland/Getty Images)

Depois de nove meses de dores e noites sem dormir, muitas grávidas estão ansiosas para começar o trabalho de parto. A boa notícia é que existem vários métodos que você pode começar para induzi-lo naturalmente. A má notícia? Eles só são eficazes se seu corpo estiver pronto para o parto e não existem garantias. O Dr. Spock recomenda esperar até que você esteja de ao menos 40 semanas na gravidez antes de tentar qualquer uma dessas sugestões, já que a data do parto pode ser atrasada por algumas semanas e não convém trazer o bebê ao mundo antes dele estar pronto.

Outras pessoas estão lendo

Atividades

Relações sexuais podem estimular as contrações, pois as prostaglandinas no sêmen ajudam a abrir o colo do útero. Ter os mamilos tocados e ter orgasmos também libera oxitocina, o hormônio que provoca contrações. No entanto, você deve discutir a estimulação dos mamilos com o seu médico antes de tentar usar esse método para induzir o parto, pois isso pode causar contrações muito fortes e longas que podem retardar a frequência cardíaca do bebê, de acordo com o Dr. Spock.

Se não estiver a fim de sexo, apenas andar por aí pode provocar o trabalho de parto se você já estiver sentindo contrações, pois o movimento dos quadris, bem como a posição vertical, ajuda o bebê a se estabelecer em uma posição de parto.

Óleo de rícino

O óleo de rícino tem sido considerado uma forma natural para induzir o trabalho de parto ao estimular o útero a produzir prostaglandinas e provocar contrações; pensa-se que a estimulação uterina ocorre porque o óleo de rícino provoca cólicas intestinais e diarreia. Para tentar esse método, misture de 30 ml a 110 ml de óleo de rícino com suco de laranja, cerveja de raiz ou suco de maçã e beba; o óleo de rícino tem um gosto notoriamente ruim, por isso não convém tomá-lo puro. Lembre-se, esse método provocará diarreia dentro de algumas horas, então experimente-o em um dia em que você possa ficar em casa e não o faça antes de ir para a cama ou você ficará acordada a noite toda.

Alimentos

Embora não haja uma evidência confiável para apoiar essa teoria, muitas grávidas juram que comer certos alimentos induz o trabalho de parto. Comidas picantes, berinjela com parmesão, abacaxi, alcaçuz e comida chinesa estão entre os principais alimentos que dizem ajudar a iniciar o processo do nascimento. Então, quais são os fatos por trás desses alimentos? O manjericão e o orégano na berinjela com parmesão potencialmente podem provocar o trabalho de parto; o abacaxi produz prostaglandinas para ajudar a dilatar o colo do útero; e o alcaçuz também produz prostaglandinas, e grandes quantidades podem levar a diarreia, que podem, por sua vez, causar contrações. A evidência de que a comida chinesa e os alimentos picantes induzem o trabalho de parto é meramente anedótica, mas muitos especialistas agora advertem contra esses métodos, pois as comidas picantes podem se contrapor às endorfinas analgésicas que o corpo libera durante o parto, de acordo com o site Giving Birth Naturally.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível